ACOMPANHE-NOS    
MARÇO, SÁBADO  06    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Ao pedir dinheiro na rua, homem morre atropelado e motorista diz que "nem viu"

Segundo testemunha, homem pedia dinheiro no semáforo quando tropeçou e caiu entre as rodas do caminhão

Por Marcos Rivany e Aletheya Alves | 27/01/2021 18:41
Massa encefálica ficou espelhada pelo asfalto. (Foto: Paulo Francis)
Massa encefálica ficou espelhada pelo asfalto. (Foto: Paulo Francis)

Morador de rua, ainda não identificado, morreu após ser atropelado por um caminhão por volta das 17h40, na Vila Palmira. O acidente foi tão grave, que massa encefálica ficou espalhada no asfalto do cruzamento da Rua Yocoama com Avenida Júlio de Castilhos.

Adairto Delia, de 59 anos, é motorista do caminhão de combustível envolvido no acidente. Segundo ele, seguia para Posto Yocoama para fazer entrega de gasolina quando foi avisado que havia passado por cima do homem. Adairto trabalha desde 1984 como motorista.

“Eu estava devagar, achei que tinha derrubado algo e aí um motoqueiro me parou e disse que ele tinha se jogado. Aí que fui ver”, explicou.

Com uma barbearia na rua onde houve o acidente, Daniel Rodrigues, de 28 anos, presenciou toda a cena. “O caminhão estava vindo pela Júlio [de Castilhos], entrou a esquerda Yocoama e o cara, que estava pedindo dinheiro no semáforo, escorregou e foi atropelado pela roda traseira”, relatou

Outra testemunha, Orlando Takayeshi,Morija, disse à polícia que estava na janela de casa quando viu que av vítima tropeçou, perdeu o equilíbrio e caiu entre as rodas do caminhão.

Corpo de Bombeiros, Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e Batalhão de Trânsito da Polícia Militar estão no local. Uma quadra foi interditada por causa do acidente.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário