A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

21/06/2011 20:28

Moradores comemoram abertura de via, mas estão preocupados com remoção

Paula Maciulevicius e Viviane Oliveira

Vizinhança tem expectativa de melhoria na região com a abertura da avenida

Via em construção vai ligar Nossa Senhora das Graças à Vila Nasser e Avenida Tamandaré. (Fotos: Marcelo Victor)Via em construção vai ligar Nossa Senhora das Graças à Vila Nasser e Avenida Tamandaré. (Fotos: Marcelo Victor)

A vizinhança do bairro Nossa Senhora das Graças, está acompanhando passo-a-passo a abertura de uma via, começada pela prefeitura há três semanas e que vai ligar o bairro à Vila Nasser e Avenida Tamandaré. Segundo eles, a Rua tem até nome e sempre existiu, pelo menos no mapa.

Com o nome de José Ribeiro de Sá Carvalho, a via começa na Avenida Euler de Azevedo, mas estava coberta por um matagal. De um lado, um condomínio de classe média, do outro, uma área de comodato. E é bem ali que surge a expectativa, acompanhada da preocupação com o futuro do trecho.

Quem construiu uma vida, como a dona-de-casa Isabel Campos Amaral, 51 anos, que o diga. A preocupação é geral, assim como o contentamento, os moradores temem que a prefeitura os tire dali.

“Fiquei muito feliz, nós queremos ter energia, água, de forma certinha. Porque agora não tem como colocar, nem existia a rua, quanto mais padrão”, explica.

A vizinhança conviveu por muito tempo com o matagal. Volta e meia aparecia cobra, escorpião, lesma e até rato, como contam os moradores.

“Por mais que aqui seja área ocupada, nós ficamos felizes porque o lugar vai valorizar. Estamos aqui há anos e investimos tudo nas nossas casas”, relata a auxiliar de cozinha Josiane da Silva, 22 anos.

Uma das coisas que ela e todos esperam é que tenha, além do poste de energia elétrica, uma linha de ônibus. A Josiane mesmo conta, que com medo anda quatro quadras de madrugada, para pegar o transporte e ir trabalhar.

De um lado é um condominio e do outro uma área de comodato. De um lado é um condominio e do outro uma área de comodato.
Dona Isabel (direita) está feliz com a nova avenida, mas teme sair do local. Dona Isabel (direita) está feliz com a nova avenida, mas teme sair do local.

A ideia de que o progresso veio por conta do condomínio é compartilhada por todos, mas ninguém nega que isso é bom para eles também.

A dona-de-casa Roseli de Fátima Santos, 52 anos, fala que ocupou a área há mais de 20 anos, como os demais vizinhos. Ao mesmo tempo em que está feliz, compartilha da preocupação, relata ao Campo Grande News.

“Nesses 22 anos eu criei meus filhos nesse lugar. Hoje queremos uma resposta da prefeitura, se vamos ficar aqui ou não”, diz. No início do ano um funcionário veio aqui, enumerar as casas, acrescentou.

Duas quadras depois do começo da obra, a favela Nossa Senhora Aparecida ocupa a área que será a continuidade da avenida. Conforme informado pela Secretaria de Estado de Habitação e Cidades de MS, as famílias que vivem na comunidade serão recolocadas no residencial Ronaldo Tenutta, no bairro Portal Caiobá II. A previsão para transferência é em agosto.

Já para os moradores da área do comodato, não está previsto assentamento ainda. Mas um projeto que envolve todo o bairro Nossa Senhora das Graças está sendo estudado, um deles, é a regularização dessas famílias e reassentamento de algumas delas.

De família de escritores, médico lança amanhã livro com poemas
O renomado psiquiatra Marcos Estevão lança nesta quinta-feira (14) em Campo Grande o livro de poesias "Pedaços de Mim", que é um compilado de poemas....
Renegociação de dívidas com a Águas Guariroba pode ser feita até o dia 29
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


GOSTARIA DE SABER SE O PESSOAL QUE MORA NO BAIRRO NOSSA SENHORA DA APARECIDA DA RUA GERALDO COELHO LEITE VAO TER QUE SAIR TAMBEM, POIS FAZ MAIS DE 20 ANOS QUE O POVO NÃO SE DECIDE E SEMPRE FICAM NESSA COISA DE VAI SAIR, NÃO VAI SAIR ENTAO QUEREMOS SABER.
 
LUCIMARA DE SOUZA SANTOS em 22/06/2011 09:20:06
Sou moradora da rua General Bertoldo Klinger, 54, rua paralela av. Euler de Azevedo, gostaria de saber se tem previsão de asfalto, eu ouvi dizer que iria sair uma rotatoria no inicio dessa nova avenida?
 
marly pereira de araujo em 21/06/2011 09:22:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions