ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, TERÇA  30    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Moradores reclamam de obra parada e secretaria promete solução

Por Viviane Oliveira | 22/11/2013 11:36
Quando chove a maioria das ruas do bairro, que não é asfaltada fica nesta situação. (Foto: Simão Nogueira)
Quando chove a maioria das ruas do bairro, que não é asfaltada fica nesta situação. (Foto: Simão Nogueira)

Um representante da Seintrha (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação) entrou em contato com o presidente do Jardim Aero Rancho III e prometeu que até a próxima semana vai dar uma resposta para os moradores sobre a continuação das obras de asfalto nas ruas Globo de Ouro e Independente, que estão parada desde o começo do ano.

Hoje os moradores iam se reunir no Jardim Aero Rancho III para protestar contra a paralisação das obras, no entanto o protesto não aconteceu por conta da promessa de que o problema será resolvido.

O presidente da associação dos moradores do bairro, Nilson Ferreira de Oliveira, 42 anos, afirma que quando Alcides Bernal (PP) assumiu a Prefeitura de Campo Grande, em janeiro, a obra foi paralisada para readequar o projeto por falta de verba.

O presidente reclama que o recurso para bancar a obra, iniciada em fevereiro do ano passado é do Governo Federal, mas a verba foi repassada para a Prefeitura. “Falta asfaltar três quadras da Rua Globo de Ouro e quatro da Independente”, diz.

A aposentada Maria José Silva, 75 anos, mora há 5 anos na região e afirma que o bairro precisa ser asfaltado, pois é um dos mais antigos e populoso da cidade. Ela mora na Rua Independente e quando chegou a notícia de que as ruas seriam asfaltadas foi uma alegria para todo mundo, mas durou pouco. “Com o asfalto as casas e os comércios seriam mais valorizados”, destaca.

O operador de máquinas agrícolas, Geraldo Inácio de Oliveira Filho, 39 anos, mora de aluguel há 1 ano e 2 meses na rua Venezuela com a Globo de Ouro e já pensou em mudar de bairro por conta da rua esburacada, poeira e barro quando chove. “Dizem que consta na Prefeitura que esta rua já está asfaltada”, lamenta.

O presidente do bairro afirma que se o problema do asfalto não for resolvido até semana que vem, a população vai para rua protestar.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário