A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

08/04/2014 17:30

Moto usada para balear jovens na Capital é apreendida; suspeito não foi achado

Bruno Chaves
Veículo foi apreendido em frente ao supermercado que pertence ao suspeito (Foto: Pedro Peralta)Veículo foi apreendido em frente ao supermercado que pertence ao suspeito (Foto: Pedro Peralta)

A moto utilizada pelo autor dos disparos que feriram dois adolescentes na tarde de ontem (7), um de 16 e outro de 17 anos, no bairro Nova Lima, em Campo Grande, foi apreendida pela Polícia Civil. Já o suspeito de atirar nos jovens, um dos donos de um supermercado da região, não foi localizado para prestar depoimento.

Em diligências que iniciaram ainda ontem, o delegado Weber Luciano de Medeiros, titular da 2ª DP, que investiga o crime de tentativa de homicídio, conseguiu apreender, em frente ao supermercado, o veículo utilizado na ação.

“Também ouvi o adolescente de 16 anos. Já mais velho deve ser ouvido amanhã. Tentamos ouvir algumas pessoas que trabalham lá, mas todos estão temerosos de perder o emprego. Ninguém viu nada e não fala nada”, explicou o delegado.

Weber contou que está trabalhando nesse caso e que existem outros métodos se chegar ao autor dessa tentativa de homicídio. “Estamos caminhando a passos longos”, pontuou.

O caso – Os jovens de 16 e 17 anos foram baleados por um motociclista na Rua Capitólio, no bairro Nova Lima. Testemunhas contaram que cinco disparos foram efetuados.

O garoto mais velho foi atingido no abdome e o mais novo no braço esquerdo. Ambos foram encaminhados para atendimento na Santa Casa de Campo Grande.

Conforme a assessoria de imprensa do hospital, o menor de 16 anos foi atendido e já teve alta. O de 17 passou por cirurgia e está na enfermaria sob cuidados médicos. O estado de saúde dele é considerado estável.

Familiares e vizinhos do supermercado contaram que o autor dos disparos é um dos proprietários do comércio. Ele teria atentado contra a vida dos menores após uma discussão.

O dono do negócio pediu para ver a mochila dos dois depois de desconfiar que eles haviam roubado. Populares também comentaram que a dupla é conhecida na região por pequenos delitos. O mais velho, conforme a Polícia Militar, tem passagem por furto.

Após o crime, familiares das vítimas depredaram uma das portas do comércio. Eles atacaram pedras e quebraram vidraças. A polícia precisou isolar o local.

Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...
Problema rotineiro, chuva causa alagamentos no bairro Cidade Morena
A chuva que atingiu Campo Grande no fim da tarde deste domingo (17) causou vários problemas à população, desde alagamentos a problemas estruturais em...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions