ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  08    CAMPO GRANDE 19º

Capital

Motorista de picape morto em acidente com caminhão tinha 29 anos

Welker Ciro dos Anjos Cândia estava sem cintos de segurança quando bateu na leral do caminhão

Por Ana Paula Chuva | 29/05/2022 14:09
Welker dirigia uma Saveiro e morreu antes do socorro chegar (Foto: Reprodução | Facebook)
Welker dirigia uma Saveiro e morreu antes do socorro chegar (Foto: Reprodução | Facebook)

Foi identificado como Welker Ciro dos Anjos Cândia, 29 anos, o motorista morto em acidente com caminhão na manhã deste domingo (29), na BR-262, no anel viário de Campo Grande, entre as saídas de Aquidauana e Sidrolândia.

Welker dirigia uma Saveiro com placas de Campo Grande e bateu no tanque lateral de um caminhão carregado com cimento. Com o impacto da colisão, o veículo rodou na pista e parou, aproximadamente 200 metros depois, ao bater  em uma bananeira às margens da rodovia. Ele morreu antes mesmo do socorro chegar.

Conforme o motorista de 42 anos, envolvido no acidente, trafegava sentido São Paulo, quando o homem invadiu a pista e jogou o Volkswagen Saveiro que dirigia contra o caminhão. “Ou ele tentou suicídio ou dormiu ao volante. Ele estava correndo muito”, lamentou. O condutor, que é de Miranda, fez o teste de bafômetro que constatou que ele não havia ingerido bebidas alcoolicas.

Testemunhas relatam que a vítima seguia sentido Sidrolândia/Aquidauana fazendo ultrapassagens indevidas. “Então bem provavelmente deveria estar sob o uso de álcool, até que acabou colidindo no tanque na lateral do caminhão”, disse o tenente Bruno Lachi, do Corpo de Bombeiros.

Saveiro de Welker ficou totalmente destruída (Foto: Ana Paula Chuva)
Saveiro de Welker ficou totalmente destruída (Foto: Ana Paula Chuva)

No carro onde Welker estava não foram encontrados sinais que indicassem embriaguez, no entanto, ele estava sem cinto de segurança no momento da batida. Segundo o delegado plantonista, Rodrigo Camapum, as causas ainda serão investigadas. A perícia constatou ainda,  que o motorista estava com os pés sobre o volante.

Equipes do Corpo d de Bombeiros, Samu (Serviço de Atendimento Móvel à Urgência), PRF (Polícia Rodoviária Federal), Perícia Técnica e Polícia Civil estiveram no local. Por causa da colisão, houve vazamento de óleo do caminhão. A Saveiro ficou totalmente destruída.

Nas redes sociais amigos e familiares lamentaram a morte do rapaz.

Pedaços da Saveiro a 200 metros de onde carro parou (Foto: Ana Paula Chuva)
Pedaços da Saveiro a 200 metros de onde carro parou (Foto: Ana Paula Chuva)


Nos siga no Google Notícias