A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

10/09/2016 09:02

Mulher bate carro em árvore, mas mente para polícia que foi assaltada

Luana Rodrigues

Mulher de 34 anos foi indiciada na manhã deste sábado (10) em Campo Grande, por comunicação falsa de crime. Alessandra de Figueiredo Gonçalves mentiu para a polícia que havia sido vítima de um assalto e tido o carro roubado, quando na verdade bateu o veículo em uma árvore.

Conforme informações do boletim de ocorrência, Alessandra compareceu na delegacia e registrou uma ocorrência afirmando que seu carro, um HB20, havia sido roubado durante um assalto.

A polícia passou a investigar o caso e descobriu, por meio de uma testemunha, que na verdade a mulher havia batido o veículo contra uma árvore no anel viário, próximo à Uniderp Agrárias, no bairro Taquaral Bosque.

Ainda de acordo com o registro, a testemunha contou à polícia que viu quando a mulher bateu o carro na árvore, em seguida desceu do veículo com uma garrafa de bebida alcoólica nas mãos e começou a andar de um lado para o outro.

Questionada novamente pela polícia, a mulher acabou confessando que havia mentido sobre o assalto, mas não explicou os motivos da mentira. Ela vai responder pelo crime de comunicação falsa e também por abandonar o local do acidente.

Caso famoso - Atualmente, há um caso famoso de falsa comunicação de crime no Brasil, o do nadador norte-americano Ryan Lochte. Durante as Olimpíadas do Rio, ele se envolveu em uma confusão em um posto de gasolina, junto com alguns amigos, mas disse que havia sido assaltado – descoberto, teve de pedir desculpas formais, perdeu patrocínios e foi suspenso por 10 meses.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions