A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

03/02/2015 11:23

Mulher causa tumulto em discurso de Olarte e segurança é acionada

Aline dos Santos e Juliene Katayama
Odinéia fez protesto em evento e será atendida por equipe da Casa da Mulher.  (Foto: Marcos Ermínio)Odinéia fez protesto em evento e será atendida por equipe da Casa da Mulher. (Foto: Marcos Ermínio)

Iniciado ao som de vaias, o discurso do prefeito Gilmar Olarte (PP), durante a inauguração da Casa da Mulher Brasileira, que conta com a presença da presidente Dilma Rousseff (PT), foi marcado por tumulto em Campo Grande.

Odinéia Lemes Soares, 41 anos, começou a gritar e os seguranças foram acionados. Como ela estava na parte de trás da plateia, a confusão não chegou a interromper o discurso no palanque das autoridades. O prefeito empostou a voz para que os ruídos não se sobrepusessem à sua fala.

Primeiro, os seguranças tentaram retirar a mulher, que trajava uma camiseta do ex-governador André Puccinelli, ainda da época em que eram permitidos brindes de campanha. Depois, diante do protesto das pessoas, ela permaneceu, mas escoltada por um segurança.

Odinéia disse à imprensa que foi ao local para reivindicar o direito de estudar. Ela conta que cursava EJA (Educação de Jovens e Adultos), mas foi expulsa após reclamar sobre a demora na entrega do kit escolar. Desempregada, a mulher disse que já foi intermada em um sanatório, perdeu a guarda de três filhos e o benefício do Bolsa Família. Ela recebeu atendimento da equipe da Casa da Mulher.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions