A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

14/12/2013 10:31

Mulher de 45 anos morre após ser medicada em UPA de Campo Grande

Francisco Júnior

A Polícia Civil está investigando a morte de Zenilda Rodrigues, 45 anos, após ser medicada ontem (13) na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Universitário, em Campo Grande.

Parentes da vítima procuraram a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga e um boletim de ocorrência por morte a esclarecer foi registrado.

Conforme consta no boletim, ontem por volta das 13 horas, Zenilda ligou para o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), pois precisa ser transportada até a UPA para um tratamento por conta de um abscesso no glúteo. Ela foi acompanhada da mãe, Eliza Acosta.

Segundo Eliza, na unidade, Zenilda foi medicada e por motivos ainda não esclarecidos teve seu estado de saúde agravado. Ela foi transferida já entubada para o Hospital Regional, onde morreu.

Conforme registrado na guia de encaminhamento assinada pela médica que fez o atendimento, a vítima sofria de Miotonia Familiar (relaxamento do músculo após contração voluntária) e chegou no hospital com edema pulmonar, insuficiência respiratória.

Segundo Simião Altemaia, marido da vítima, antes de receber a medicação, Zenilda estava falante e só reclamava da dor do abscesso.

Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...
Ação oferece serviço especial na UBSF do Tarumã nesta terça-feira
A UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) do Tarumã promove nesta terça-feira (12) diversas atividades voltadas para a promoção de saúde da populaç...


a falta d ética, d profissionalismo e d amor ao próximo, fazem com que isso seja uma rotina em nosso país... médicos dedicados e cm amor pelo seu trabalho são cada vez mais raro, estou triste cm o fato ocorrido, mais enquanto não mudar o jeito de se governar, não haverá saúde de qualidade. a culpa é claro dos médicos que erraram, se é que são médicos de verdades msm . mais tbm é da gestão bem fraca desse políticos que só pensam em compra mais uma Mercedes.. fica ai minha opinião...
 
Max Nobre em 15/12/2013 09:09:54
Ave Maria!!!
Uma mulher morrer devido à um furúnculo?
Cadê os médicos desta cidade?
Cadê o assassino?
 
Elviria dos Santos Almeida em 14/12/2013 20:22:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions