ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JULHO, SEXTA  12    CAMPO GRANDE 11º

Capital

Mulher mata moradora de rua a facadas no rosto por ciúmes

Márcia Silva Evaristo assassinou mulher que pegava latinhas para reciclagem

Por Bruna Marques e Dayene Paz | 25/06/2024 07:53
Sangue da vítima na calçada onde ela foi assassinada (Foto: Henrique Kawaminami)
Sangue da vítima na calçada onde ela foi assassinada (Foto: Henrique Kawaminami)

Mulher identificada como Márcia Silva Evaristo matou a facadas na madrugada desta terça-feira (25) moradora de rua, ainda não identificada, por ciúme do namorado. O crime ocorreu na Rua São Marcos, no Bairro Guanandi, em Campo Grande. A vítima foi ferida no rosto.

De acordo com o boletim de ocorrência, o namorado da suspeita informou a polícia que estava em casa bebendo com Márcia, momento em que ela resolveu ir embora, momento em que ele resolveu sair para comprar mais cerveja e no caminho encontrou com a vítima.

Segundo o rapaz, ele conheceu a vítima no domingo e sabia que ela era moradora de rua. Ao encontrá-la, a moça perguntou se ele tinha latinha para reciclagem em casa e se podia ir até lá buscar.

O homem deixou que a vítima fosse até sua residência, momento em que foram surpreendidos por Márcia. Ainda conforme relatado pelo rapaz, a suspeita ficou escondida esperando o namorado voltar da rua, já que desconfiava que estava sendo traída.

A vítima estava no corredor de acesso da casa quando foi colocada para fora do quintal pela suspeita, armada com faca. Na calçada a mulher ainda tentou se defender com uma caixa de madeira, mas mesmo assim foi atingida.

A Ursa (Unidade de Resgate e Suporte Avançado) do Corpo de Bombeiros foi acionada, mas quando a equipe chegou a mulher já estava morta.

O homem informou que tentou separar as duas, mas também foi ferido na mão. Após o crime, Márcia fugiu. As Polícias Militar e Civil, e a perícia estiveram no local e a faca utilizada no crime foi apreendida. Na mão da vítima tinha fios de cabelo que também foram coletados.

A quitinete do homem fica em uma vila de casas. Ele informou que não sabia que a namorada tinha voltado pra casa dele e que alguém abriu o portão para Márcia entrar.

Na manhã de hoje, o sangue da vítima ainda estava na calçada onde ela foi assassinada. Além disso, foi encontrado no local um casaco e chinelo.

O caso foi registrado como homicídio simples na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias