A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

04/09/2019 17:47

Mulher que matou por ciúmes é condena a 14 anos de prisão

Ana Paula assassinou Carlos Dutra com várias facadas no dia 19 de março de 2019, no Jardim Imperial

Geisy Garnes
Corpo da vítima foi encontrado em uma calçada, no Jardim Imperial. (Foto: Fernando Antunes/Arquivo)Corpo da vítima foi encontrado em uma calçada, no Jardim Imperial. (Foto: Fernando Antunes/Arquivo)

Foi condenada a 14 anos de prisão em regime fechado Ana Paula Gomes da Silva, de 26 anos, assassina confessa de Carlos Dutra Araújo, 37 anos. O julgamento do crime – que aconteceu no dia 19 de março de 2019, no Jardim Imperial, região Norte de Campo Grande – foi realizado na manhã desta quarta-feira (4), no plenário do Tribunal do Júri.

Segundo a denúncia do Ministério Público, “Paulinha” matou Carlos com várias facadas por ciúmes. Na época do crime, ela confessou ter assassinado a vítima porque dias antes a vítima teria passado a mão em sua namorada. No primeiro depoimento a polícia, contou ainda que foi perseguida pelo homem ao sair de um bar e cometeu o crime para se defender dele.

Nesta quarta-feira, o promotor do caso, Douglas Oldegardo Cavalheiro dos Santos, pediu a condenação de Ana Paula por homicídio triplamente qualificado – por motivo torpe, meio cruel e recurso que dificultou a defesa da vítima.

O conselho de sentença votou por condenar a ré em duas qualificadoras, motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima. O juiz Aluízio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, definiu então a pena em 14 anos no regime fechado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions