A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

04/05/2011 14:53

Reconhecido na rua, acusado de assassinato é preso após 4 meses

Marta Ferreira
Acusado chega a Delegacia.Acusado chega a Delegacia.

Procurado desde dezembro sob a acusação de assassinar, em Coxim, o pedreiro Carlos Alberto Feliciano de Oliveira, de 47 anos, foi preso hoje em Campo Grande Manoel Teorodo, de 54 anos, conhecido como Neto, enquanto almoçava em uma peixaria.

A Polícia só chegou até ele porque uma ex-moradora da cidade reconheceu Manoel quando ela saía de um supermercado na avenida Mato Grosso por volta de uma hora. Ela seguiu Manoel e o viu entrar em uma peixaria. Na sequência, avisou a Polícia Militar pelo 190 e ainda acionou um policial civil conhecido na Deaij (Delegacia de Atendimento à Infância e Juventude), onde Manoel está preso.

A prisão, quatro meses após o assassinato, teve outro fato que revela uma fragilidade do sistema de segurança. Manoel, ao ser abordado pelos policiais militares, apresentou uma identidade de São Paulo, e, na checagem feita pelos policiais, não foi constatado nenhum mandado de prisão para ele.

Ele quase foi liberado, mas a equipe da Polícia Civil foi ao local, já com a informação de se tratada de um acusado de homicídio e, com base na identidade de Manoel de Mato Grosso do Sul foram localizados dois mandados de prisão.

Segundo as informações da Delegacia onde mandou está preso, ele vai ser levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento à Comunidade).

A Delegacia de Coxim já foi comunicada da prisão de Manoel Teodoro e ele deve ser transferido para a cidade.

Quem é-No site do Tribunal de Justiça, Teorodo aparece como réu em 5 processos, três de ameaça, um de crime contra a economia popular e o homicídio.

O crime foi cometido em 27 de dezembro em uma casa em construção que, conforme as investigações policiais, pertence a Manoel Teodoro.

Deste então, ele estava foragido. Apenas uma camionete dele, uma Toyota Hillux, havia sido localizada, em Pedro Gomes.

Homem de 30 anos é esfaqueado e fica em estado grave
Bartolomeu Gomes de Araújo Barbosa, 30 anos, ficou gravemente ferido após ser atingido a golpes de faca no abdômen, na noite de ontem (12), na Rua Bo...
Após documento vazar, Sesau diz que hemogramas não foram suspensos
A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) afirmou que os hemogramas continuam sendo feitos na rede pública de saúde de Campo Grande. A informação inici...


Boa polícia!! Você tá de sacanagem Jôni. Só foram averiguar porque uma mulher o reconheceu, e ainda quase soltaram pq a polícia militar não conseguiu encontrar nada contra ele (só tem 5 processos e 1 mandato de prisão)... A polícia civil só não soltou pq era um conhecido da mulher que fez a denúncia que foi até lá e tinha certeza que o cara era bandido... Se denunciando já foi dificil prender, imagina se não houvesse a denúncia.. não ia ser pego nunca...
 
Antônio Carlos em 05/05/2011 08:14:01
Logo Logo ta solto!! tirem por base o caso do rapaz que ta de castigo, ele não pode mais beber, sair pra balada, assistir jogos,etc...
assim funciona a Justiça no Brasil!!!
 
Pedro Henrique em 04/05/2011 06:02:46
Assim é que uma boa policia age (civil e militar). Parabens!...
 
Jôni Coutinho em 04/05/2011 03:41:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions