A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

17/10/2016 09:27

Mulher tem rosto desfigurado ao ser espancada pelo marido; 9º caso em 24h

Luana Rodrigues

Uma mulher de 38 anos foi espancada pelo marido na madrugada desta segunda-feira (17), no bairro Mata do Segredo, em Campo Grande. A vítima foi encontrada na rua, com o filho no colo e encaminhada à Casa da Mulher Brasileira, onde recebe atendimento médico e jurídico. Segundo a polícia, este é o 9º caso de agressão a mulher em 24 horas. 

Conforme informações da Polícia Civil, a PM (Polícia Militar) foi chamada para atender uma ocorrência de violência doméstica no bairro, mas quando chegou ao endereço da solicitação, não havia ninguém. Na volta, os policiais encontraram a vítima na rua, com o filho no colo, com o rosto bastante machucado e sangrando.

Ela foi colocada na viatura e encaminhada à Casa da Mulher Brasileira. Os policiais, juntamente com o delegado da PC, voltaram a casa da vítima, onde encontraram o suspeito. Segundo a polícia, o homem de 33 anos estavam bastante exaltado, xingava a mulher e passou a ofender também os policiais. Ele resistiu a prisão e precisou ser algemado para que fosse levado a delegacia.

Dentro da viatura, o homem, que não teve a identidade revelada para preservar a vítima, disse que iria matar a esposa quando saísse da prisão, por ela ser “uma vagabunda”. Ele está preso e vai responder por lesão corporal dolosa, ameaça, desacato, difamação e violência doméstica.

Contra mulheres - Somente de ontem (16) até às 8h de hoje (17), nove mulheres foram vítimas de violência doméstica em Campo Grande. Segundo a polícia, na maioria dos casos o agressor é o marido da vítima.

Em outro caso neste saábado (16), duas mulheres foram mortas a facadas no bairro Moreninha II. Maria das Dores, 50 anos, e Dayane July da Silva, de 29 anos, mãe e filha, foram mortas por Agenor Magalhães de Oliveira, 53 anos.

Ele era esposo de Maria e cometeu suicídio após os crimes. Segundo familiares, o resultado desta vez foi trágico, mas não era a primeira vez que ele agredia a esposa.

Caminhoneiro que matou ex-mulher a tiros é condenado a 15 anos de prisão
O camioneiro Joselmal Gomes Fernandes, de 56 anos, foi condenado a 15 anos e seis meses de prisão nesta sexta-feira (7), por matar a tiros a ex-mulhe...
Homem que matou ex-mulher com quatro tiros em 2013 será julgado
Será julgado pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, Joselmal Gomes Fernandes, de 56 anos, acusado de matar a ex-mulher, Edna da Silva Nasc...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions