A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/10/2015 15:33

Multinacional onde funcionário morreu soterrado alega que segurança é prioridade

Renata Volpe Haddad

A multinacional americana ADM lamentou através de nota sobre o acidente que matou o trabalhador Manoel Ribeiro da Silva, 50 anos, por volta de 23h50 de ontem (1). Ele morreu soterrado por terra e placa de concreto.

A empresa alega que os funcionários cooperaram com as autoridades locais para realizar o resgate, porém, sem sucesso. Na nota, a ADM expressa o pesar à família e aos amigos.

Ainda segundo a ADM, a obra está sendo executada dentro do estabelecido no projeto aprovado pela Prefeitura de Campo Grande e pelos órgãos competentes.

"A segurança de nossos funcionários e contratados é uma prioridade em todas as nossas instalações, e estamos trabalhando, juntamente com as autoridades, para determinar a causa do incidente".

Caso – Manoel faleceu no canteiro de obras da fábrica de proteína da multinacional. O caso aconteceu na Rua Principal, no Bairro Núcleo Industrial, saída para Aquidauana, em Campo Grande.

Manoel estava dentro de um fosso de 5 metros de profundidade no canteiro de obras, onde cuidava de uma escada de madeira para que os outros operários pudessem acessar o local sem cinto de segurança. Porém, em determinado momento uma placa de concreto que estava na borda do fosso desmourou e junto com a terra caiu em cima da vítima, que ficou totalmente soterrada.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions