A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

13/06/2018 09:11

No dia de Santo Antônio, bolo reúne fé com sabor de casamento na Capital

Estrutura tem 23 metros de extensão e pedaços custam R$ 5

Kleber Clajus e Bruna Kaspary
Isabela Caldeira, 25 anos, foi com as amigas e encontrou aliança no bolo de Santo Antônio (Foto: Saul Schramm)Isabela Caldeira, 25 anos, foi com as amigas e encontrou aliança no bolo de Santo Antônio (Foto: Saul Schramm)

Fé com sabor de casamento, nesta quarta-feira (13), mobilizou milhares de fiéis em busca do tradicional bolo de Santo Antônio, em Campo Grande. O padroeiro da cidade, que também é conhecido por desenrolar relacionamentos amorosos, teve três imagens escondidas no meio da massa de pão-de-ló, com recheios de baunilha, chocolate e muito chantilly

"Independente de ser casamento ou intervenção, se vier de coração puro consegue", avisou o padre Odair Costa, depois de abençoar o bolo que também teve ocultadas 1.101 alianças, sendo um par de ouro. Quem as encontra pode acabar seguindo para o altar em um ano.

As estudantes Ana Assan, Iasmin Enokida e Isabela Caldeira, de 24 e 25 anos, foram juntas a paróquia e, sem muita pretensão de mudar seu estado civil, as duas últimas acabaram por encontrar alianças nos pedaços adquiridos por R$ 5. Somente Ana não achou nada porque, como brincaram as amigas, "ela é a única que não precisa" por já ter um paquera.

Padre Odair Costa abençoou bolo com 23 metros de extensão, dois a mais que 2017 (Foto: Saul Schramm)Padre Odair Costa abençoou bolo com 23 metros de extensão, dois a mais que 2017 (Foto: Saul Schramm)
João Luiz e Paula Cavalcanti começaram a namorar depois dela encontrar aliança (Foto: Saul Schramm)João Luiz e Paula Cavalcanti começaram a namorar depois dela encontrar aliança (Foto: Saul Schramm)

João Luiz Silva Coelho e Paula Cavalcanti, de 30 anos, trabalharam juntos no ano passado na entrega do bolo. O advogado não entendia o ciúme sentido pela nutricionista até que ela encontrou aliança e postou foto no grupo de jovens da igreja em aplicativo de mensagens. 

"Pode chamar o padre que a gente vai casar", brincou João, dizendo que eles pensam em casar depois de aprovação em concurso público. Hoje, ajudam de novo na entrega do doce.

A aposentada Catarina Guimarães, 65 anos, ressaltou que o vale mesmo é a fé em Santo Antônio, tanto que levou o neto de 5 anos para ajudá-la a carregar doze pedaços destinados a familiares. Alguns vão ser congelados para quem não mora na Capital ou está doente.

Receio - Desabastecimento de gás de cozinha quase ameaçou o preparo do bolo, conforme a confeiteira Ana Paula Navarro, 40 anos. Ainda assim, saiu a estrutura com 23 metros de extensão, dois a mais que no ano passado. Quinze paroquianos atuaram por cinco dias no preparo, sempre no período noturno, resultando no uso de 4,8 mil ovos, 430 placas de pão de ló, 130 quilos de trigo, 110 quilos de açúcar, 150 litros de chantilly, além de chocolate.

Nesta edição, saiu o papel de arroz com imagens do santo. A confeiteira explicou que isso foi pedido do padre que "não é muito fã da geléia de brilho que fica por cima". Estima-se que pelo menos oito mil pedaços sejam distribuídos durante essa manhã. Cada um vale R$ 5.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions