ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 21º

Capital

No feriado, doação vira churrasco improvisado para moradores de rua

Por Aline dos Santos | 01/05/2018 11:17
Churrasco improvisado faz parte da rua de que mora no Cetremi. (Foto: Saul Schramm)
Churrasco improvisado faz parte da rua de que mora no Cetremi. (Foto: Saul Schramm)

Um churrasco improvisado chama atenção no Parque dos Poderes, a curta distância do Cetremi (Centro de Triagem e Encaminhamento do Migrante), na manhã deste feriado de 1º de Maio. Ao redor da churrasqueira, três moradores de rua.

A primeira preocupação é não aparecer. Também não querem dar o nome. O único a se identificar é Douglas, que dorme no centro há dois meses. Ele conta que os poucos pedaços de carne são doações e que o churrasco era uma prévia do almoço, servido às 11h no Cetremi.

Com a proximidade do horário, às 10h40, um grupo rumava para o local por um trieiro que se estende do pontilhão da avenida João Arinos até a rua Jornalista Marcos Fernando Rodrigues, na saída para Três Lagoas, onde fica o Cetremi.

No último domingo, reportagem do Campo Grande News mostrou o aumento da população de rua. A estimativa é de 500 pessoas.

“A população em situação de rua está, realmente, crescendo em Campo Grande. É um problema social agravado pelo momento da economia do País”, afirma a defensora pública Eni Maria Sezerino Diniz.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário