A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

19/01/2015 21:06

Noroeste, Veraneio, Esperança e Pioneiros estão entre os maiores focos de dengue

Daniel Machado
A partir de amanhã (20) esses bairros devem receber a maior parte dos trabalhos de eliminação de focos por meio dos mutirões de limpeza (Foto: Divulgação)A partir de amanhã (20) esses bairros devem receber a maior parte dos trabalhos de eliminação de focos por meio dos mutirões de limpeza (Foto: Divulgação)

Os bairros Noroeste, Veraneio, Nova Esperança, Parati e Pioneiros foram os que registraram maior número de focos de infestação do mosquito Aedes aegypti – mosquito transmissor da Dengue e Chikungunya em Campo Grande.

A informação faz parte do relatório do último Lira (Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti), realizado de 5 a 14 de janeiro deste ano, pelo CCEV (Centro de Controle de Endemias Vetoriais), e que pretende traçar o novo mapeamento de focos do mosquito e, a partir desse levantamento, dar início imediato à intensificação do trabalho de eliminação de focos por meio dos mutirões de limpeza nos bairros que representam maior infestação do mosquito.

“Estamos encaminhando o resultado do Lira a todas as unidades de saúde e aos distritos sanitários e, a partir dos índices apontados pelo levantamento, estaremos trabalhando de forma intensificada em todos os quarteirões onde foram encontrados focos. Estes locais serão vistoriados pelos agentes de forma a eliminar os criadouros, com tratamento com larvicida onde for necessário”, explica o chefe do Setor de Controle de Vetores, Alcides Ferreira.

De acordo com a diretora de Vigilância em Saúde da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde Pública), Márcia Dal Fabbro, o apelo agora é para a população. “Cerca de 80% desses focos são encontrados em residências. Isso aponta a importância do envolvimento da população, junto com a Sesau, na luta contra a proliferação do mosquito, que agora aponta mais um agravante com a chegada da Chikungunya, que é transmitida pelo mesmo mosquito da Dengue”, finaliza Dal Fabbro.

Alcides Ferreira explica que os imóveis e terrenos baldios estão sendo visitados por equipes do CCEV para o trabalho de eliminação de criadouros, tratamento focal e educação em saúde. “Amanhã (20), a programação é para o Jardim Noroeste com o mutirão para que os moradores retirem todo material inservível que possa acumular água para ser retirado pelas equipes da Sesau, com caminhões e máquinas”.

Ainda segundo Alcides, a programação para os mutirões nos demais bairros que estão em destaque no Lira está sendo elaborada. Independente disto, equipes continuam o serviço de visitas, orientações e eliminação de focos em todas as regiões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions