A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

02/11/2011 17:06

Novo horto florestal vai quadruplicar produção de mudas na Capital

Wendell Reis
Horto contará com trilha ecológica e caminhada com orientação (Foto:Vinícius Squinelo)Horto contará com trilha ecológica e caminhada com orientação (Foto:Vinícius Squinelo)

O novo horto florestal de Campo Grande, localizado na região oeste da cidade, nos bairros Nova Campo Grande, Pantanal, Jardim Sayonara e Vila Popular vai quadruplicar a produção de mudas nativas e cultivadas, além de fomentar a pesquisa, preservação da mata e do cerrado na Capital.

O horto do parque Imbirussú-Serradinho contará com um amplo espaço verde e com o segundo Centro de Educação Ambiental em Campo Grande. A expectativa é de que sejam produzidas cerca de cem mil mudas anuais.

O viveiro cultivará mudas arbustivas, arbóreas e de forrações, com o objetivo de atender a demanda de plantio nas praças, canteiros centrais e parques da cidade. As mudas também serão doadas para os moradores interessados. O horto também contará com trilha ecológica e caminhada com orientação e interação da população.

O chefe da divisão de manutenção de parques e áreas verdes da Seintrha, Ricardo Menezes, explica que o horto possui mais de cem espécies vegetais, incluindo árvores frutíferas como jaca, acerola, goiaba, pitanga e banana, além de servir de habitat para pacas, quatis, macacos, capivaras e lagartos.

O Imbirussu-Serradinho tem investimento de R$ 62,5 milhões, sendo R$ 57 milhões do Governo Federal e R$ 5,5 da Prefeitura. O projeto conta ainda com a implantação de um parque linear, ciclovias e novas avenidas, totalizando 4,5 Km de extensão. A obra foi executada com o objetivo de beneficiar mais de 200 mil famílias da região.



Ainda bem que temos muita ajuda do Governo Federal e uma boa idéia da Prefeitura Municipal. Campo Grande esta ficando bonita,´precisa mais de atenção na sinalização, informação e manutenção das praças e avenidas.
 
luiz alves em 03/11/2011 09:20:00
Lamento essa reportagem.Ela deixa de lado a história de Campo Grande.Quem a conhece sabe que existiram pessoas ESPECIAIS que se dedicaram durante anos á formação desse "novo " horto.Só gostaria de citar Whinsterman Chaparro e o saudoso Salum,para não citar outros.Obrigado
 
dirceu peters em 02/11/2011 06:25:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions