A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

02/02/2014 08:28

Obras continuam paradas na Capital e cobrança de população aumenta

Aliny Mary Dias
Obras no Centro de Belas Artes estão paradas e local traduz abandono (Foto: Cleber Gellio)Obras no Centro de Belas Artes estão paradas e local traduz abandono (Foto: Cleber Gellio)

As obras paradas em Campo Grande não são novidade para ninguém. Em alguns pontos como na Avenida Júlio de Castilhos, o caso revolta comerciantes porque a via ainda não foi inaugurada em razão do atraso no funcionamento dos semáforos.

Em todo o prolongamento da Avenida que recebeu investimentos de R$ 18,3 milhões, não há sinal se operários da Prefeitura da Capital trabalhando nos sinaleiros. Muitos deles estão desligados e causam acidentes.

Brandina Martins tem uma loja de acessórios há cinco meses e critica o atraso na inauguração da Júlio de Castilhos. “Pelo que eu sei falta uma verba para terminarem tudo por aqui. Esses semáforos desligados trazem muitos acidentes porque quem não conhece o trecho diminui a velocidade e outros batem, é uma loucura”, completa a comerciante.

Para o lojista Victor Augusto, de 22 anos, o único problema da avenida e o que impede a inauguração da via é o atraso na entrega dos sinaleiros. “As coisas melhoraram bastante, o movimento também voltou, só faltam os semáforos para terminar tudo”, explica.

Outro local que já tirou a esperança de muitos moradores é a Ernesto Geisel, uma das principais avenidas que liga região norte e a sul da cidade. Desde o ano passado, várias obras e manutenções vêm sendo feitas na Avenida, mas três locais ainda indignam os moradores.

Todos os três pontos que ainda têm sinalização e não foram entregues estão no sentido bairro-centro da via. Dois deles ficam próximo do Shopping Norte Sul Plaza e outro na esquina com a Rua José Paes de Faria.

Josefina Conceição, de 63 anos, mora há 30 anos na avenida bem em frente a um ponto que está há anos interditado. Ele explica que a revolta existe por parte de todos, já que o local traz risco aos motoristas e moradores.

“A gente vê muitos acidentes porque tem gente que só vê as placas bem em cima. Já perdi a conta de quantos acidentes eu vi nesse lugar, acho que falta boa vontade dos políticos de terminarem essa avenida”, completa a aposentada.

Sinaleiros não funcionam em alguns trechos da Júlio de Castilhos (Foto: Cleber Gellio)Sinaleiros não funcionam em alguns trechos da Júlio de Castilhos (Foto: Cleber Gellio)
Na Ernesto Geisel, três pontos continuam interditados  (Foto: Cleber Gellio)Na Ernesto Geisel, três pontos continuam interditados (Foto: Cleber Gellio)

Intermináveis – O prédio do Centro Cultural de Belas Artes, localizado perto da Orla Morena, é considerada uma das obras sem fim de Campo Grande. No local não há movimentação de operários e o cenário é o mesmo de muitos anos: abandono.

Conforme conta em uma das antigas placas afixadas em frente à obra, o serviço foi orçado em R$ 6,4 milhões, mas no fim do ano passado a Prefeitura informou que precisava de pelo menos mais R$ 900 mil para as alterações no projeto.

No fim do ano passado, a Secretaria de Obras criou um calendário de prioridades com objetivo de acelerar as obras que dependem de recursos do Governo Federal. Em novembro, a Capital recebeu recursos que ultrapassam os R$ 500 milhões para obras do PAC II.

O Campo Grande News tentou contato com o secretário de Obras Semy Ferraz e com a assessoria de imprensa da Capital, mas não houve retorno até o fechamento desta reportagem.

Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


Campo Grande - A cidade dos semáforos, graças ao Nelsinho! É incrível como existem alguns gestores que tem a mente tão pequena! Além de uma estrutura pífia no trânsito da capital, esses semáforos só fazem aumentar o consumo de combustível, pois quando um está abrindo, o próximo está fechando! E esse "para para" faz com que os veículos consumam mais combustível! Sem dizer que em vários locais é muito comum ver um quebra-molas (ou seria quebra-carros) junto com radares! Asfalto de péssima qualidade, sinalizações horizontais e verticais deprimentes... E ainda acham que a solução é multar o condutor! Faça-me o favor! Vão estudar sobre engenharia de tráfego e trabalhar como gente profissional! Vergonha dessas administrações!
 
Ricardo Boretti em 03/02/2014 13:16:09
Eu acho que o problema não é quem abandonou ou não, o problema é que tem que ser concluido e pela pessoa que está no comando agora, ou seja, pelo Bernal, a obra da antiga rodoviária tava lá parada há 20 anos, é dificil porque junta bicho, maloqueiro, etc, mas agora começaram a enfiar dinheiro nela, então tem que concluir. O Bernal não tá concluindo obra nenhuma a população vai ter que tentar um impeachment, os vereadores não tem coragem pra isso, então vai ter que ser o povo, mas acho que o correto era tirar todo mundo, não só o prefeito e o problema é quem vai ficar no lugar dele.
 
MAXIMILIANO NAHAS em 03/02/2014 08:31:11
NA FOTO ESTÁ A OBRA DA QUE SERIA UMA RODOVIÁRIA, MAS COMO DIZ O TEXTO, > OBRAS PARADAS, SÃO VÁRIAS, A FOTO É APENAS ILUSTRAÇÃO..... MAS SE O GOVERNO OU O PREFEITO INVESTE SO NO CENTRO É PORQUE O CONTRIBUINTE DÁ PREFERENCIA PARA O CENTRO..... OS IMPOSTOS TEMOS QUE PAGAR LÁ NO CENTRO, MAS O NOSSO CONSUMO, PODEMOS DEIXAR EM NOSSO BAIRRO DANDO PREFERENCIA AO COMERCIO LOCAL E FORTALECENDO A NOSSA REGIÃO..... O DINHEIRO PAGO DE IMPOSTOS EVAPORA DA MESMA MANEIRA QUE QUANDO GASTAMOS NOSSO SALÁRIO QUE É A RIQUEZA DO NOSSO BAIRRO, EM GRANDES REDES .... ESSE DINHEIRO NÃO FICA NEM EM CAMPO GRANDE MUITAS VEZES, MUITO MENOS NO BAIRRO DO CLIENTE QUE DEU A PREFERENCIA POR FAZER SUAS COMPRAS NESSAS GRANDES REDES QUE SUGAM A RIQUEZA DOS BAIRROS E MANDAM O SEU LUCRO PRA FORA ATÉ DO ESTADO.... SOU BAIRRISTA.
 
RAIMUNDO em 03/02/2014 08:24:54
Se não concluíram essas obras nas gestões que iniciaram, não vai ser agora que ficará tudo bonitinho. seria necessário mais 10 copas do mundo no Brasil para acabar com os problemas, por que só a Fifa que tem o poder de mudar o país.
 
JIOVANI JOSE SOVERNIGO em 03/02/2014 08:18:37
a conversa do prefeito em julho do ano passado "nós trabalhamos muito recapeamos a Av. das Bandeiras", conversa do prefeito no final do ano " nós trabalhamos muito recapeamos a Av. das Bandeiras, e pelo jeito vai ficar só nessa, ele diz que seus adversários não o deixam trabalhar, mas nem as manutenções simples que não precisam de aprovações estão saindo, o parque linear no prolongamento da Ernesto Geisel que seria apenas jardinagem, não deixar o mato crescer, nem isso, o mato tomou conta do parque e da calçada ja.
 
João Renato em 03/02/2014 07:30:17
PRA COMEÇAR A POPULAÇÃO CONTINUA COM BERNAL E NÃO ABRE,SOBRE OS SINALEIROS DA JULIO DE CASTILHO, OS QUE TEM VERDADEIRAMENTE QUE FUNCIONAR ESTÃO TODOS FUNCIONANDO,POIS OS OUTROS ESTÃO A MEIA QUADRA DO OUTRO, SE TODOS FUNCIONAREM O TRANSITO NÃO FLUIRÁ,COISAS DO PROJETO DO NELSINHO!
 
CLODOALDO LEMES DE SOUZA em 02/02/2014 19:37:25
Há obras aí que estão paradas e abandonadas há mais de uma década. O engraçado é que até exatos 01 (UM) ano e 01 (UM) mês atrás, ninguém reclamava. O que será que aconteceu de lá para cá, para de repente lembrarem das obras paradas a todo o momento? Hein?!... Antes que alguém o diga, não moro e não voto em Campo Grande.
 
Adriano Roberto dos Santos em 02/02/2014 19:34:15
Mauro Guimarães, com todo respeito meu caro, concordo que o Nelsinho "abandonou" a Ernesto Geisel, mas enquanto isso quantas avenidas e parques lineares na PERIFERIA ele fez????? Vá na avenida Ludio Coelho (na altura do bairro tijuca) e veja como valorizou os bairros daquelas pessoas depois daquela obra que vamos combinar, beneficiou os pobres e as pessoas das classes mais altas também. E O BERNAL????? em um ano de gestão, além de perseguir funcionarios e tentar acabar com o que já estava muito bem (na educação por exemplo, é isso que ele tem feito com um secretario que não tem capacidade de fazer um discurso sem tirar um papel do bolso), apenas deu conta de recapear a bandeiras além de discursar as baboseiras dele.
 
antonio areco em 02/02/2014 13:12:11
Engraçado, obras antigas de adm a mais de 20 anos !!! E vem cobrar do atual gestor , por que nao vao cobrar dos antecessores ????
 
paulo eduardo sandim em 02/02/2014 13:11:39
Culpa da população que acredita em conto de fadas e voto no tal de Bernal só porque ele falava bonito na radio!

Toma... próxima vez aprendam a votar!!!
 
ygor bueno em 02/02/2014 11:49:17
Por uma briga política, o terminal rodoviário planejado para CG pelo Governador Pedro Pedrossian, não pode ser concluído no Governo do PT, e todo o dinheiro empregado na obra, se encontra desperdiçado nesta obra que agora é uma afronta a segurança dos moradores do local. Em contra partida, o governo do PMDB nos presenteou com uma parada de ônibus que chama de Terminal Rodoviário, e já está obsoleto, pequeno e nem parece uma Rodoviária de uma capital como Campo Grande.
 
Valter Oliveira em 02/02/2014 10:30:00
Mas porque estão reclamando, vocês votaram nesse cara para prefeito, queriam ele na prefeitura, esta ai as mudanças que vocês queriam, vão cobrar dele agora.
 
Marcos Wild em 02/02/2014 10:13:53
Bom,no meu ponto de vista Campo Grande,está abandonada pelas autoridades,e pelos órgãos competentes.há tantas coisas a serem feitas na capital,entre elas estão: a reforma da antiga rodoviária,a reforma do estádio morenão,recapeamento da avenida Guaicurus,e etc.o governo se preocupa mais com o centro da cidade,como é o caso da avenida afonso pena,onde as obras do Aquário Pantanal,estão em pleno vapor. em se tratando de avenidas,como é o caso da norte-sul,o paisagismo principalmente em frente ao shopping é horrível.começando pelos matos altos,árvores quase caindo na pista,e má sinalização.temos muitas visitantes de outros estados.porém,que vem de fora acaba-se,se assustando com tais pontos da cidade.Queremos uma cidade bonita,com uma sensação de prazer e bem estar.
 
Jean Benjamim em 02/02/2014 09:14:14
Mas...... esta obra da antiga nova rodoviária que se tornou Centro de Belas Artes e todo o entorno na Ernesto Geisel (córrego), não estão paradas a 20 anos???? caso contrário elas já estariam prontas, não sei por que a surpresa, alias não sei por que, nem esta matéria sobre algo que ocorre a décadas...
 
Mauro Guimarães em 02/02/2014 08:57:57
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions