A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

30/05/2012 10:48

Ônibus articulado futurista pode ser adotado no transporte público

Francisco Júnior e Paula Vitorino
Ônibus foi apresentado na manhã desta quarta-feira (30) para empresários. (Foto: Pedro Peralta)Ônibus foi apresentado na manhã desta quarta-feira (30) para empresários. (Foto: Pedro Peralta)

O transporte coletivo de Campo Grande poderá ter ônibus com design futurista, usados em grandes cidades do País. Um modelo, que custa cerca de R$ 800 mil, foi apresentado na manhã de desta quarta-feira (30) para o prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) e empresários do setor.

O veículo articulado, com chassi da Mercedes Bens e carroceria do Marcopolo. lembra um vagão de metrô. Ele é maior e mais espaçoso que os ônibus do mesmo tipo utilizados atualmente na Capital. Ele mede 2,30 metros de altura por 2,60 m de largura e pode transportar 120 passageiros, incluindo pessoas em pé e sentadas, enquanto que o atual tem 2,10 m de altura por 2,50 m de largura e transporta até 90 passageiros.

O modelo apresentado será utilizado na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

“Ele é mais espaçoso e possibilita o transporte de um maior número de passageiros”, explicou André Oliveira, gerente de marketing da Marco Polo.

O ônibus é dotado de GPS, que informa ao usuário o local por onde o ônibus está circulando e qual será o próximo ponto de parada. Tudo isso mostrado em monitores e com alerta sonoro. Além de ter ar condicionado, ele possui bancos ergométricos, que não absorvem líquidos e não incendeiam.

Todo esse conforto e tecnologia têm um alto custo, cerca de R$ 800 mil, valor que pode aumentar ou diminuir dependendo da quantidade de acessórios adaptados no veículo, explica o gerente.

O valor dos articulados que circulam na Capital é de R$ 650 mil.

De acordo com o presidente da Assetur (Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano), João Resende, quem vai escolher o modelo adotado são as empresas que vencerem a licitação do transporte coletivo que será aberta em junho.

Segundo ele, é possível melhorar e modernizar os veículos utilizados, mas é preciso ter cautela e não gastar dinheiro com itens desnecessários. “Já que no final quem paga a conta é o usuário”, afirma detalhando que o ar condicionado é o acessório “desnecessário neste momento”.

João Resende explica que para a compra de novos ônibus, a Prefeitura oferece incentivos para os empresários e facilita aquisição.

Prefeito mostra tela do GPS, que informa ao usuário o local onde o ônibus está circulando e o próximo ponto. (Foto: Pedro Peralta)Prefeito mostra tela do GPS, que informa ao usuário o local onde o ônibus está circulando e o próximo ponto. (Foto: Pedro Peralta)

Exigências Conforme o diretor da Agetran (Agência Municipal de Trânsito), Rudel Trindade, as empresas que vencerem a licitação terão que adquirir ônibus mais modernos. Segundo ele, a frota deverá ser ampliada de 539 para 600. Desses, 60 terão de ser articulados. Hoje, são 45.

O prefeito fez uma avaliação positiva do veículo após um rápido passeio pelas ruas da cidade. Trad explicou que a tendência é que as empresas troquem os ônibus antigos por novos, deixando o transporte mais seguro. “Nós queremos que as pessoas deixem o transporte individual para o coletivo”,

Trad Filho comentou ainda sobre a licitação para o setor. Lembrou que as empresas que quiseram atuar no transporte da Capital terão que atender uma série de exigências. Cada uma, citou, terá que colocar em circulação pelo menos cinco novos veículos.

A modernização do transporte público faz parte do projeto apresentando pela Prefeitura ao Ministério das Cidades para que a Capital fosse incluída no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Mobilidade.

A cidade está entre os 51 municípios brasileiros com mais de 700 mil habitantes que tiveram projetos habilitados. Segundo Trad, a Prefeitura está esperando o aval da Caixa para apresentar o projeto executivo.

No total o município irá receber R$ 180 milhões. Entre as obras previstas está a construção de 55 quilômetros de corredores para circulação de ônibus .



E mais uma vez parabéns ao campo grandense que quando houve aumento na tarifa criticou um grupo de estudantes por terem feito manifesto contra, agora falam em ônibus novo, que não vai ser o visto na foto, e não se fala no tempo de espera e lotação ao contrário fala se em carregar mais gente, e o povo idiota vai engolir mais essa, sem falar no novo aumento que já deve estar sendo discutido né!
 
Oswaldo Benites em 01/06/2012 10:08:27
Sem ar condicionado ñ terá condições, pelo jeito este onibus ñ tem janelas.
 
conceição luiz em 31/05/2012 07:08:43
O problema é que os administradores das empresas de transporte coletivo da capital não enxergam no transito já caótico da cidade uma oportunidade de negócio, bastaria oferecer um transporte eficaz e confortavel e metade da população deixaria o carro em casa.
 
Gerson Dias em 31/05/2012 04:23:23
Que onibus bonito, mas o que adianta se o sistema de transporte publico e super devagar e ineficiente??
 
Diego Silva em 30/05/2012 12:54:40
Ele fala que o ar condicionado é desnecessários nos ônibus por que provavelmente nunca andou em um. Desnecessário é esse GPS e as televisões que estão querendo instalar. Ar condicionado é questão de primeira necessidade.
 
Pedro Henrique em 30/05/2012 12:46:37
....afirma detalhando que o ar condicionado é o acessório “desnecessário neste momento”. É desse jeito que querem nos incentivar a andar de onibus? Sem um mínimo ar condicionado em uma cidade quente como Campo Grande? Inveja das outras cidades que possuem onibus com ar e passagem mais barata!
 
José Ferreira em 30/05/2012 12:39:20
La vem aumento na passagem preparem os bolsos !!!!!!!!!!!!!
 
francisco moreira em 30/05/2012 12:29:12
Legal , adotarem esse novo modelo de articulado. Moderno , amplo e mais confortavel. Pena que com isso a passagem vai subir ainda mais.... disso eu nao duvido. rsrsrs
 
Adriana Silva em 30/05/2012 11:58:02
Ar condicionado e desnecessário pelo simples fato que o Sr. Jose Resende nunca ter usado um onibus coletivo no periodo de pico e no verão, se este Sr. fosse usario do transporte coletivo não teria omitido uma opinião tão infeliz como esta.
 
Renata dos Santos em 30/05/2012 11:48:27
Mais e o preço da passagem vai subir???
 
Daniel Barbosa em 30/05/2012 11:25:27
ar condicionado é o acessório “desnecessário neste momento”.

para ele ''João Resende'' que não anda de busão com certeza não é necessário.. fala sério... o que importa mesmo para eles é a quantidade $$$$ e não a qualidade do serviços prestado a população sofriada e trabalhadora de CG que precisa usar o coletivo....
 
Edson Fotnoura em 30/05/2012 11:18:41
Que bom, mas antes dessa novidade maravilhosa. Dá um passeio com sua esposa no horário de pico. Principamente no VERÃO.
 
Sueli iris Dutra em 30/05/2012 10:18:48
O internauta Klaus Fantin citou um exemplo que assino embaixo. Sempre vou a Curitiba, pelo menos uma vez por ano há seis anos. Só que o Klaus esqueceu-se de citar o valor da tarifa que praticam lá em Curitiba. Este ano ela foi para R$2,60 depois de quase dois anos sem aumento.
 
Ezio José em 30/05/2012 08:24:25
Ontem à noite, após esperar um tempão lá no Oscar Salazar, após um dia de traballho exaustivo, tive sorte em "quase pegar carona" por gentileza do motorista. Passei o cartão normalmente, fique bem claro para nãp prejudicar o bom homem, em um ônibus que "recolhia" lá no NOVA BAHIA. NÃO IMPORTA SE É FUTURIsta OU NÃO. Eu quero é ONIBUS agora, já. Chega de sofrimento!!!!!!! E era cedo da noite.
 
Lucio Santer em 30/05/2012 07:40:41
Será que o comubustivel é verde? Porque estes motores da Mercedes são péssimos e grande poluidores, basta ver os estragos que fazem nas cidades e estradas.
 
Carlos Lamarca em 30/05/2012 06:17:20
Deve ser adotado o mesmo sistema de transporte de Curitiba, Ônibus Biarticulados, que transportam várias pessoas ao mesmo tempo, estações tubo, onde as pessoas ficam acolhidas contra chuva e sol até a sua espera. O tempo de demora para cada passada de ônibus em qualquer bairro é de 5 minutos, e ainda o ônibus emite um aviso sonoro com o nome do ponto para facilitar os passageiro em seu desembarque
 
klaus fantin em 30/05/2012 05:48:31
Isso sim é que é novidade boa... mais conforto para as pessoas que dependem dos ônibus! Parabéns prefeito!!!!!
 
maria nepomuceno em 30/05/2012 03:09:42
EU queria saber pq não podemos ficar sem cinto de segurança no veículos e podemos ser transportados em pé em ônibus coletivos.
 
Giseli Zanini em 30/05/2012 03:02:41
Gostaria de saber como isso vai melhorar na espera internimavel na hora de pegar ônibus. Me parece bom para as empresas de transporte coletivo, que levarão mais pessoas, ou seja vamos esperar mais tempo no ponto.
 
Juarez Goncalves em 30/05/2012 02:53:21
Calma gnt se antes vcs compartilhavam o busão com "90 pessoas" com o busão futurista será corpartilhado por 120 pessoas em uma unica viagem olha só que modernidade... é o calor humano presente em CG...(é um absurdo) tem que haver melhorias... colocar mais onibus em circulação para o trabalhador não demorar 2 horas para chegar em casa após o trabalho...
 
Elisângela Coradini Francisco em 30/05/2012 02:41:43
Vamos escolher os itens dos novos ônibus. Colocamos o ar condicionado e deixamos sem GPS e TV. Blz?
 
Dionifer Migotto em 30/05/2012 02:24:23
Vai ter uma nova licitação para transporte coletivo. E pelo que li, o preço das passagens vai continuar o mesmo, é uma das exigências previstas no edital. E pessoalmente, eu não acho que GPS seja item supérfluo, é um instrumento de fiscalização também.
 
Aline Duarte em 30/05/2012 02:24:00
Esse onibus é supimpa. Só precisa acabar com a gratuidade desses vandalos, que tem passagem gratuita e ainda depedram os onibus, fator de custo que encaresse a passagem quando os empresários reenvidicam o aumento da tarifa. Vão para escola aprender a destruir o que é de uso deles mesmo, por isso que tantos já não querem ser mais professores, muito menos ir para o trabalho de onibus.
 
jose carlos em 30/05/2012 02:16:22
NOSSA, MANDO O PREFEITO E SEUS ASSESSORES IREM PRA DUBAI VER COMO FUNCIONA O TRANSPORTE COLETIVO DE LA, INCLUSIVE OS PONTOS DE PARADA.

VAI PRA DUBAI PREFEITO...
 
paulo sergio em 30/05/2012 02:14:00
Ar condicionado "desnecessário"? ele quer matar todo mundo ali dentro? olha só o modelo do ônibus, não tem janelas... não tem como ficar dentro de veículo daquele sem ventilação nenhuma. .. esse povo num gira muito bem nãoo.
 
camila machado em 30/05/2012 02:08:33
Fala sério! Vcs nunca estão satisfeitos, vivem pedindo rapidez, conforto e quando o prefeito trabalha pra isso vcs ainda ficam criticando? Temos que torcer para que esse projeto dê certo.
 
Pedro Matos em 30/05/2012 02:08:00
Esse novo ônibus com certeza vai melhorar a qualidade do nosso transporte urbano, trazendo mais conforto e rapidez para a população.
 
Mariana Holts em 30/05/2012 02:03:00
Putz, é engraçado como o povo só sabe reclamar... estão propondo melhorias para o nosso conforto e o povão continua reclamando?? Ninguém quer assento acolchoado, gps e ar-condicionado?? Eu quero....
 
Joao Bastos em 30/05/2012 02:02:44
TELA DE GPS??? Amigão se você já esta dentro do "bumba" é porque sabe pra onde quer ir ou, se "pegou" o bicho errado, relaxa, curta o passeio ... isso se tiver AR CONDICIONADO.
 
eduardo de paula em 30/05/2012 01:54:42
Ônibus futurista X Sistema de transporte público ineficiente, quem vence? O usuário precisa de um transporte público EFICAZ, LIMPO, SEGURO e porque não CONFORTÁVEL. Outra coisa, transporte público não depende só das empresas de ônibus não. A modernização do sistema viário de campo grande é urgente. Mas no passo que caminha ...
 
eduardo de paula em 30/05/2012 01:51:15
Sim e logico q devemos buscar a modernidade mas , com adequação em todos os setores o que não acontece em nossa capital o preço da passagem esta entre as mais caras do pais devemos lembrar q os bairros estão esquecidos pois o porte deste transporte citado ira pesar mais no bolso do usuario nossa capital tem q ter mais alternativas ligadas ao transporte como um metro de superficie VLST
 
Paulo Roberto Alves em 30/05/2012 01:50:53
ar condicionado é necessario sem duvida alguma, queremos sim um onibus confortavel, pagamos uma das mais altas tarifas de transporte coletivo do país,moramos e uma cidade que no verão chega ate 40 graus e o cara fala que é desnecessario um ar condicionado!!!!
 
Ederson Lopes em 30/05/2012 01:41:00
Me desculpe sr. prefeito mas não quero gps no onibus, para isso uso a boca e pergunto, quero conseguir um assento quando volto cansada do trabalho, quero que a taxa que eu pague valha a pena. Que tal investir em mais onibus nas linhas, ou em acessibilidade, pois ainda a coletivos que são inacessíveis para cadeirantes, ou que tal trocar a frota antiga, pois ninguém merece onibus quebrando.
 
Karla Soares em 30/05/2012 01:40:11
E existe alguma falha na divulgação dos preços de veículos articulados. A maioria dos que rodam hoje na cidade é feito a partir de uma gambiarra em veículo normal, coisa que foi inclusive proibida a pouco tempo. Já os articulados de fábrica que sobraram na cidade já são antigos, muitos modelos que nem se fabricam mais. Se a diferença de preço for somente esta, é uma economia burra.
 
Eric Moises Martins em 30/05/2012 01:36:52
ar condicionado é o acessório “desnecessário neste momento”.PORQUE NÃO SÃO ELES QUE ANDAM DE ÔNIBUS PARA IR E VIR AO SERVIÇO,DESNECESSÁRIO É O DESRESPEITO COM OS USUÁRIOS....
 
millton ferreira em 30/05/2012 01:35:31
Como esperado o foco ficou no veículo e não no sistema para qual ele foi projetado, o BRT. O BRT é um sistema de corredores de ônibus segregados, que traz mais conforto ao passageiro desde antes de entrar no ônibus, permite mais agilidade durante as viagens entre inúmeras outra vantages, que pelo visto não é foco dos nossos administradores.

 
Eric Moises Martins em 30/05/2012 01:31:07
ACHO TÃO BONITINHO ELES SE PREOCUPAREM COM O FUTURO....MAS E O PRESENTE,COM ÔNIBUS VELHO OU NOVO O PROBLEMA ESTÁ NA SUPERLOTAÇÃO,PREÇO ABSURDO DA PASSAGEM,DEMORA....
COM ISSO NINGUÉM ESTA PREOCUPADO...QUER DIZER, SÓ ESTÁ PREOCUPADO QUEM DEPENDE DO TRANSPORTE ,SAI DO SERVIÇO CANSADA E TEM QUE IR PRA CASA COMO SE ESTIVESSE EM UMA LATA DE SARDINHA.
ACORDA POVO....
 
ANA PAULA DE SOUSA RIBAS em 30/05/2012 01:24:08
Discordo do Presidente da Assetur quanto ao "Ar Condicionado" ser um item desnecessário.

Sabe-se que Cpo Gde registra temperatura média muito alta e aqui o ar condicionado não nem um luxo, mas sim uma necessidade.

Manda ele pegar um articulado com 150 pessoas dentro em pleno verão onde a temperatura dentro do ônibus chega aos 40°C pra ver se o ar condicionado é mesmo um acessório desnecessário.
 
Wendel Fernando em 30/05/2012 01:23:36
Engraçado esse João Resende dizer que o ar condicionado é um iten desnecessário! Talvez porque o ar do carro dele fique desligado nos dias de sol escaldante que geralmente faz em CGR! Agora, eu queria saber quais são os itens tão necessários que o transporte coletivo de CGR tem para justificar a segunda tarifa mais cara do pais?! E se não comprarem onibus com ar agora, não compram mais! #fato
 
Ricardo Araújo em 30/05/2012 01:20:05
Além da tarifa ter o seu aumento q será justo, não podemos esquecer que a nossa cidade não tem berço, não esta preparada. O prefeito deveria valorizar mais na educação pq sem educação o povo vai destruir esse bem. Campo Grande ... é uma pena e tudo q se inova os vandalos destroem.
 
Adilson S SJunior em 30/05/2012 01:15:00
Legal, já estamos pagando por esse onibus a muito tempo com o valor atual da tarifa.
 
Jessica Santos em 30/05/2012 01:08:07
Muito interessante! mas os nossos UPA's continuam lotados e com falta de médicos! eae prefeito??? qual é a prioridade???
 
Fabiana Gois em 30/05/2012 01:06:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions