A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

23/02/2011 09:50

Padrasto de adolescente vítima de bala perdida no Centro culpa policial

Aline dos Santos e Ricardo Campos Jr.
Família mostra camiseta de Daniele, que foi baleada ontem. (Foto: João Garrigó)Família mostra camiseta de Daniele, que foi baleada ontem. (Foto: João Garrigó)

Um dia depois de ser vítima de bala perdida no Centro de Campo Grande, Daniele Fernanda Cogo Lima, de 17 anos, permanece sem avaliação médica, com a bala alojada a um centímetro da coluna e a dois centímetros do coração. “O estado dela é estável, mas delicado”, conta o radialista Joel Alves dos Santos, padrasto da adolescente.

Na Santa Casa, onde aguarda que os médicos digam se a jovem passará por cirurgia para retirada da bala, ele culpa o policial civil. “O responsável pela situação foi o policial. Testemunhas disseram que ele atirou primeiro. Ele tentou ser o herói do dia”, afirma Joel.

Daniele foi baleada em uma troca de tiros entre um policial civil e assaltantes. O roubo foi em frente ao banco HSBC, na avenida Afonso Pena, e a adolescente foi baleada próximo ao cruzamento com a rua Rui Barbosa.

Apesar de a Polícia Civil ter apontado que o disparo que atingiu a adolescente partiu da arma do bandido - ele usava um revólver calibre 38 enquanto o policial portava uma pistola ponto 40-, o padrasto reprova a conduta do policial.

“A polícia precisa prender esse bandido, porque pode ser que ela não tenha responsabilidade. Mas culpa, ela tem”. Para Joel, a conduta correta seria chamar reforço e anotar as características dos ladrões.

Descaso - Mãe da adolescente, Marta Célia Cavalcante Cogo Lima veio às pressas de São Paulo, onde faz tratamento para problemas cardíacos. “É um alívio ver que ela está viva, mas a gente não sabe o que pode acontecer”. Daniele reclama de dores e tem os movimentos limitados. Não houve lesão na coluna, mas a família teme que a bala se desloque.

A mãe conta que o lençol da maca é o mesmo de ontem e tem manchas de sangue do ferimento à bala. Outra reclamação da família é que a adolescente está em meio a homens. “É constrangedor. Principalmente no banho”, afirma o padrasto.

Irmão de Daniele, Paulo Carra conta que passou por momentos de tensão. “Foi um baque, foi um susto muito grande. Peguei o primeiro voo para cá”, conta o jovem, que mora em São Paulo. A adolescente tem quatro irmãos, sendo um gêmeo.

Ontem, ela foi ao centro para fazer exame médico admissional. Depois de um ano como menor aprendiz, ela foi efetivada em uma empresa de tecnologia da informação. Por ordem médica, Daniele foi proibida de dar entrevista.

Adolescente está com bala alojada a um centímetro da coluna. (Foto: João Garrigó)Adolescente está com bala alojada a um centímetro da coluna. (Foto: João Garrigó)

Tiroteio – O investigador de Polícia Civil de 35 anos estava na calçada da avenida Afonso Pena e viu uma Honda 150 de cor vermelha trafegando no passeio público no sentido centro/shopping, com um rapaz pilotando.

O rapaz apontou uma arma de fogo para um funcionário do HSBC, de 24 anos, que saía da agência e roubou uma pasta que estava com ele. Um vigilante, de 31 anos, da agência também saía no momento e teve a mochila roubada.

De acordo com o policial que testemunhou o crime, um comparsa do bandido descia a pé pela calçada no sentido shopping/centro pegou os objetos roubados, colocou na mochila que carregava nas costas e subiu na garupa da moto.

Ao ver a ação, o investigador colocou a arma dentro do capacete que carregava. Ao passar pelo homem, os bandidos perguntaram se ele era policial e ele então ergueu a camiseta, mostrando que não havia nada na cintura, portanto, não era.

Os bandidos continuaram a fuga pela calçada sentido à rua Pedro Celestino e atiraram em direção ao policial, que caiu no chão e revidou. Quando os tiros acabaram, ele ficou sabendo que uma jovem havia sido atingida.



Parabenizo e assino em baixo o comentário da Dra Mara Heishnein, muito bem disse TUDO!!!!!
 
Dalyse Fernanda Medina Dittmar em 25/02/2011 08:11:55
renato oq vç me diz do caso eloá E do honibus la no rio q ceifou a vida de uma conterranea nossa, vç acha q tenha tropa mais preparada q o gate eo bop? e nem p isso os resutados forao bons. acho muito facio sentar na frente de um pc e postar uma opniao sendo q vç nao estava lá. me adimira muito vç q se diz ser um policial fazer um comentario desses de um colega, vç diz q se fosse vç teria feito diferente, será?. se os mamonas nao tivecem entrado naquele aviao talves estariao vivos,se airton sena nao fosse piloto talves tambem estaria vivo, pence nisso. parabens ao pc. com respeito ao comentario do pai da jovem,ele e pai logico q vai querer achar um cupado q deus de forças p essa jovem e para seus familiares. e lembre-se todos [nem uma folha cai sem q deus queira]
 
paulo cesar de m gonçalves em 24/02/2011 12:34:28
Nossa não entendo essas pessoas que se o policial não age ele é ineficiente e se ele age tb é , então qdo e como um policial deve agir .
eu parabenizo a atitute deste policial que executou seu trabalho de servir e proteger os cidadãos, e ele só revidou o tiro pq o bandido atirou em sua direção e a bala atingida na menina era do bandido , diz a pericia.
Minha gente arma de fogo tem ser usada com cautela e por pessoas preparada se ele não tivesse preparado ele atingiria ou mataria alguém , mas não foi dessa forma e quem estava despreparado era o bandido que atingiu a jovem.
é a sociedade só sabe criticar , criticar , mas parabenizar pelo um ato de bravura ..... affff ai fica dificil pq sempre quem é o culpado é a polícia, então vamos parabenizar o bandido.
 
Dalyse Fernanda Medina Dittmar em 24/02/2011 11:39:15
O policial agil errado pq ele devia ve que tinha pessoas na rua antes de atira. não homitindo socorro a quem tava sendo assaltado mais sim preservando a vida das pessoal que ali passavam o que é dinheiro perto de uma vida. os ladroes não atirarian nas pessoas sem motivo so atiro pq tinha um policial trocando tiros com eles. essas pessoas que falam que o padrato ta errado em fala do policial, falam pq não aconteceu com alguem da familia deles.
 
Gabriel Amorin em 24/02/2011 10:55:02
eu concordo com o radialista,a policia não tem um treinamento serio para lidar com estas situações,o cidadão pede maior empenho do poder publico e da corregedoria para que o cidadão de bem não sofra com esse tipo de ação.
 
MAURO SILVA em 24/02/2011 09:44:19
Bom..primeiramente gostaria de lamentar o fato..Infelizmente mais uma tragédia que teve uma vítima...Aliás...vítimas... A menina baleada..o policial quase atingido,pessoas assustadas com a criminalidade !!! Segundo Parabenizar esse Policial por tentar acertar esse meliantes !!! E em terceiro, lamentar as palavras absurdas que saiu da boca do pai dessa garota !!! Eu sou Advogada..tenho 3 filhos....sei o que esse pai está sentindo !!! Mais eu no lugar dele, se redimiria e tentasse ajudar a policia,ajudando nas investigações..Indo na delegacia saber se acharam o bandido, falasse com o Policial que tentou acertar esse bandido....A SOCIEDADE TEM QUE SE UNIR ESSA HORA...Meu caro Senhor...Quem vai capturar esses bandidos ???Não é a Policia..? Por que massacrar a classe se ela está ali treinada pra isso..Agora por uma fatalidade, a bala perdida do bandido acertou a sua filha, o Sr, irá se rebelar ? Querendo JUSTIÇA a qualquer preço ...culpando o Policial por ter feito seu trabalho? Sei que a Policia nos deixa a desejar em alguns pontos por falta de Policiais atuando..fazendo rondas ... Mais isso devemos reivindicar ao Estado..como cidadãos !!! Não culpar UM Profissional..vc sabe como esse Policial está ? se ele tem família ? se ele tem esposa...filhos ? se estão abalados..com medo ? O Sr. acha que policiais são máquinas ? Não adianta agora procurar culpados pelo FAMOSO ACHÔMETRO ... Vamos esperar as perícias...Não culpe cidadãos honestos e trabalhadores....Culpe os marginais,sangue frio que saem assaltando as pessoas inocentes que vão retirar na maioria das vezes seu salário suado em bancos, em caixas eletrônicos e são vitimas desses DELINQUENTES ! Repense suas acusações algumas dessas pessoas abaixo que paracem não serem seres Humanos.
 
Mara Heishnein Salhieuri em 24/02/2011 09:07:27
Os senhores concordam, que certo ou precipitado ( Errado ), o Policial Civil, agiu em defesa da sociedade, creio que se nos fazermos esta pergunta e afirmacao, levantaremos um pouco de duvida, no que tange atacar e crucificar tanto este homem.
Vamos repensar nossos valores
 
Gustavo Cesar em 24/02/2011 08:51:02
Penso tb que a ação do PC foi precipitada e inconsequente. Tanto o foi que acabou em vítima. Não crio que um policial civil tenha tanto preparo assim prá esse tipo de ocorrência. Pergunto: qtos cursos de formação sobre tiro ele teve este ano, ou o ano passado? É necessário treinar frequentemente e não penso que essa seja uma ação da PC.
 
Leize Demétrio da Silva em 24/02/2011 08:39:55
gente do céu.qto comentario besta.creio q esses comentarios é de servidor publico em serviço usando pc do estado.....
 
rui costa em 24/02/2011 05:47:16
E UM ABSUDO FICA SO FALANDO MAL DOS PROFESSINAIS DA SAUDE, PO QUE
VCS DEVE COMPRAR E DO ESTADO PARA DAR MELHOR CONDIÇOES PARA QUEM TRABALHA NOS HOSPITAIS PLUBLICO QUE NA SANTA CASA COMO NOS OUTROS FALTA ENFERMEIROS, MEDICOS MATERIAS EM GERAL PARA UM BOM ATENDIMENTO A POPULAÇAO NOSSOS GOVERNTES SAO MEDICOS.
 
MARIA ANGELA em 24/02/2011 02:05:05
Eu penso,. que a ação desses criminosos, foi na verdade uma reação.
Reação em relação à covardia da população de forma geral, que abdicou do seu direito de defesa, e quer agora punir a um profissional da segurança que agiu no extrito cumprimento do dever.
Parabens a esse policial, a covardia das pessoas esta criando um campo fertil para a marginalidade, mas são personagens como este que me faz acreditar que ainda existam homens que ainda não se conformaram com o entreguismo.
Uma vida vale muito, mas viver intimidado por marginais que não fariam falta nenhuma para a sociedade, não é vida.
 
Danilo Filho em 24/02/2011 01:41:37
Eu acho que o Padrasto dessa menina está dando entrevistas equivocadas !!! Como ele fala que a culpa é do policial ? Se os bandidos atiraram no Policial ..o policial armado se joga no chão como vemos na televisão..são 4 testemunhas que viram os bandidos atiraram e o policial revidou.. vamos levar uma televisão pro hospital pra esse Joel assistir...Ele não é conhecedor de armas ?? Meu amigo..se a sua filha tivesse sido atingido pela Ponto40 sua filha não estaria aqui agora não meu amigo..a bala da .Ponto40 arrebenta tudo..a de 38 aloja meu amigo..a arma do bandido era 38..é q bala que esta na sua filha meu amigo !!! como que a bala que acerto a sua filha é do policial ?? se os bandidos seguiam em sentido shoping, a direção q o policial atirou ///e onde a sua filha estava ??? NÃO ERA NO SENTIDO CONTRÁRIO ?????
 
ALBERTINHA RANGEL em 24/02/2011 01:35:53
OLHA EU ESTAVA A UNS 5 METROS DO POLICIAL,TINHA MUITA GENTE NO PONTO DE ONIBUS E NA LANCHONETE,ESTRANHEI O MOTOQUEIRO ESTAR TRAFEGANDO NA CALÇADA,IRIA ATRAVESSAR A RUA,SÓ ESCUTEI OS DISPAROS,PENSA..QUASE MORRI DE SUSTO,QUANDO OLHEI PRA TRAZ O POLICIAL ESTAVA SENTADO NO CHÃO,MAIS BRANCO QUE LEITE..COITADO,TBEM ESTAVA ASSUSTADO.DIFICIL JULGAR,ACUSAR,MELHOR ORAR PELA MOÇA E AGRADECER PELO FATO DE NÃO TER OCORRIDO MAIS FERIDOS,E POR PODER ESTAR AQUI POSTANDO ESTE COMENTARIO.
 
Evandro Dicaprio em 23/02/2011 12:53:15
essa certo esse padastro.. essa historinha que os bandidos atiraram primeiro é conversa p Boi dormir.. infelizmente.. sera mais um caso que a propia policia vai abafar o caso. espero que as câmeras de segurança mostre mesmo o verdadeiro culpado.. esse policial despreparado.
 
Bruno Gonçalves em 23/02/2011 12:51:57
rapaz isto foi fatalidade agora vem este padrastro querendo mostrar serviço tenha do cara e facil julgar os outros policia e autorizado prestar serviço a comunidade porgue voce nao poe cupa no ladrao tem que ser o policial ? o ser humano e esguesito costa de por culpa em alguel so por du mesmo . tm que dar graças a deus pela menina estar bem .agora vem vc quer se aparecer
 
milton miguel em 23/02/2011 12:51:41
Se fosse um "praça" da PM que tivesse atirado... com certeza ele estaria agora lá no PME - Presidio Militar Estadual, por disparo de arma de fogo em via pública.... mas como é Policia Civil... 2 pesos e 2 medidas!!!!
 
Alex Jhonny em 23/02/2011 12:47:09
E esperamos o que ? Vc luta pelos seu reais direitos previsto nas leis brasileiras. Alias vc as conhece?
 
carlos almeida em 23/02/2011 12:22:30
Eu creio que o padrasto da Daniele esteja nervoso em ver um parente tão proximo no hopspital com uma bala no corpo mais temos que ser realista se um policial não reagir quando estiver ocorrendo um assalto a bandidagem vai tomar conta, vai virar um faroeste Campo Grande.
 
djair meneses em 23/02/2011 12:19:25
Com todo o respeito a Daniele, a quem não conheço, e a dor que a familia passa neste momento, mas quero aqui discordar da opinião do padrasto dela radialista Joél Alves dos Santos sobre o fato, “O responsável pela situação foi o policial. Testemunhas disseram que ele atirou primeiro. Ele tentou ser o herói do dia”, afirma Joel. Meu amigo, não sou policial mas apoio totalmente a ação da policia contra todo tipo de bandido, pois eles são o cancer de nossa sociedade, são elementos covardes, sem respeito, sem limites, sem escrupulos e sem lei, quando estão com uma arma na mão, são poderosos, matam, humilham, estupram, roubam o seu suor (já fui roubado 2 vezes) mas quando são presos, aí você vê o quanto são infames e vís pois se transformam no mais réles dos seres, chamando até reporter de jornal de Sr, Dr, e tudo o mais. O policial em questão agíu certo, pois primeiro evitou o confronto, quando teve certeza que não se saíria bem, e somente agíu quando víu que os mesmos já estavam confiante da impunidade, pois policia é treinada para isso, infelizmente a Daniele estava na hora errada, no lugar errado e aí aconteceu esta fatalidade, mas ela vai sair desta muito bem, DEUS vai ajuda-la, quanto a você dizer com desdém, que o policial "tentou ser o herói do dia” eu penso diferente, ele apenas estava sendo policial, pois é pago prá isso, se não tivesse agido, seria sacrificado por todos, e ele também poderia ter perdido a vida no entanto não se intimidou, parabéns, ainda bem que existem estes (heróis) a quem podemos recorrer a qualquer hora do dia ou da noite para nos socorrer, ou resolver um problema nosso, do qual ele não tem um minimo de conhecimento ou responsabilidade, mas se chamar-mos eles prontamente estaram aí.
 
Antonio Mazeica em 23/02/2011 12:06:47
E uma outra coisa: O policial poderia simplesmente pegar as caracteristicas do bandido e fazer uma acompanhamento até o local viavel para agir. De maneira alguma seria negligente o policial por nao trocar tiros. Bastava simplesmente uma ligação no 190 que ja estaria colaborando para o fato e posteriomente ajudando nas investigaçoes que ele mesmo poderia conduzir.

Sei que ele teve das melhores intenções, porem nao podemos colocar a vida de terceiros em risco. Faltou conhecimento de policiamento de rua para este PC. Se fosse no morro do RJ ou em SP eu até concordaria, pq ali é uma outra situaçao de politica criminal.
 
CARLOS AUGUSTO DE LIMA em 23/02/2011 12:05:20
Indenizacao, a Lei é bem clara em relacao a isto, so será indenizada vitima por lesao de disparo feito de arma do agente publico, se o mesmo estiver em pleno exercicio de suas funcoes, no caso , o Policial nao estava, embora portava arma da instituicao dele, e outra coisa, leiam bem os fatos, os criminosos o indagaram se ele era Policial, provavelmente ja o conheciam, entao a vida dele estava na eminencia ao perigo tambem e se ele nao reagisse, a sociedade iria cobrar uma resposta das autoridades, entao na minha opinia, achei correto e louvavel a atitude dele, independe se a instituicao dele e somente investigativa, ele é um agente da lei, passou por uma academia, como os garotos da PM tambem passaram, tem que dar uma resposta a altura, para ser de conhecimento publico e intimidar mesmo essa bandidagem que achou o caminho de Campo Grande, para vir encher o saco e azucrinar nossa pacata capital Morena, parabens ao Policial, é de homens assim que precisamos!!!
 
Gustavo Cesar em 23/02/2011 12:02:33
É desse jeito....ninguem esta contente com nada. Que pena que aconteceu isso com a garota, mas não devemos julgar ninguem...e a culpa é sempre da Polícia.

Se deu certo é obrigação da Polícia, se deu errado a culpa é da polícia....coitado dos policiais.
Melhoras a garota e não se esqueçam, nada acontece por acaso.
 
Aparecida Pontes em 23/02/2011 12:02:19
Eu vi aqui algumas posiçoes referente a PM e Pol civis. Na Doutrina Policial, o policial tem que agir na legalidade, proporcionalidade, necessidade e um ultimo principio que é a conveniencia. Este principio o policial civil falhou, pois em plena luz do dia e em pleno centro da cidade não era conveniente agir. O bandido nao tem responsabilidade e o policial sabia que se atirasse ou ao menos corresse atras, o bandido iria atirar e poderia acontecer esse imprevisto. Poderia sim o policial ter evitado, mesmo tendo arriscado sua vida. De nada adiantou, o preso fugiu e a menina foi baleada. policial civil tem que investigar ou ser escrivao e nao abraçar a função de PM. Oremos por vc Daniela
 
CARLOS AUGUSTO DE LIMA em 23/02/2011 12:01:56
lamento o acontecido:porem se eu estivesse no lugar do policial eu faria o mesmo,em defesa da sociedade.
agora os familiares da garota estao criticando porque os bandidos fugiram e ela ficou ferida.acho que o policial fez a coisa certa.e DEUS vai mostrar quem estava errado.
confirmando de onde veio a bala.
parabens a conduta do homem policial que age em defesa da população.
se todos agissem ssim nao haveria tanto bandido porcaria impune.
e se isso aconteceu com a garota,ja estava nos planos de DEUS e nao tem como ser mudado pelo homem.
 
rosangela alves em 23/02/2011 11:59:01
Essa moça passou por dois dramas: o 1º foi o total despreparo de um policial trapalhão que atirou em meio à multidão mas não acertou nenhum ladrão!!!. O 2º drama foi ser atendida pelo SUS!!!.
 
Edivaldo Moraes em 23/02/2011 11:53:44
O Sr Joel Alves, está perdendo uma chance de ouro de agradecer a Deus, o fato de sua enteada já estar fora de perigo. No momento, é prematuro ficar acusando o policial civil, de ser o causador do mal que acometeu a jovem.
 
Valter Antunes Oliveira em 23/02/2011 11:27:32
O policial reagiun a uma situação em defesa da sociedade e vem o padrasto e fala que ele quis ser herói? Lamentável essa colocação, temos que dar um desconto pelo estado emocional mas dizer um absurdo deste é inaceitável. Se o policial não faz nada o padrasto iria estar reclamando de ausência de polícia, insegurança e uma série de coisas. Ou seja, sempre a Polícia leva a culpa, vamos parar com isso. O termômetro de uma sociedade é a valorização que ela dá para seus Policiais. Enquanto for assim, seremos um país de quinto mundo.
 
Fábio Cesar de Castro em 23/02/2011 11:26:11
Se nada tivesse feito, o policial seria considertado covarde, se tivesse sido atingido era mais um que perderia a vida e ganha pra isto, não se tira a razão do padrasto da vitima de criticar, mas quando se esta no palco dos acontecimentos, participando dos atos, as vezes as atitudes nem sempre vão de encontro a interesses alheios, demais, infelizmente quem convive em sociedade paga um preço as vezes alto, por esta convivência, não conheço o policial mas o parabenizo por sua atitude, e esperamos que o policiamente preventivo do centro de Campo Grande e principalmente das áreas bancárias sejam devidamente policiados, pela PM, seguranças particulares e guardas municipais, afim de se evitar fatos semelhantes
 
Valter de Oliveira em 23/02/2011 11:23:41
ser policial não é fácil, tem na maioria das vezes menos de 5 SEGUNGOS para decidir uma ação policial ,enquanto estes que aqui falam mau da policia ,tem a vida toda para ficar falando um monte de besteira.
 
Claudio lima em 23/02/2011 11:21:10
pois é apolicia civil ta vangloriando com a nova medida do secretario de segurança, que proibe a pm , de atuar em certos casos alegando usurpação de funçao, e agora esse policial civil quer dar uma de policial de rua, hora ele teria que avaliar a situação e depois sim por em pratica suas habilidades de policia investigativa, e não sair atirando e pondo em risco a vida das pessoas, se fosse um policial militar ,com certeza eles estariam cruzificando o pm,mas como na policia civil o corporativismo rola solto, claro que o policial da civil vai estar certo hora , hora, fazam o favor, quem perde é so a sociedade, pena de adolecente tomara deus que ela se recupere sem nenhuma sequela
 
virlei de souza em 23/02/2011 11:19:10
Entendo a dor da família em ver a menina nessa situação, uma inocente, vítima da violência que assola uma cidade que ta crescendo, e que é agravada por políticas de segurança falhas, porém a culpa não foi do bravo policial que arriscou sua própria vida agindo na intenção de desarmar um bandido. Quando a polícia aborda alguma pessoa, por mais cuidado que haja, sempre vai ocorrer o risco do confronto, no caso do abordado estar portando arma de fogo. O policial para agir mede os riscos para não colocar a vida de terceiros em perigo, e quando julga oportuna a ação, é obrigação dele como agente de segurança não se omitir, isso não caracteriza bancar o herói. O bandido não tem esse compromisso, portanto devemos antes de apontar possíveis erros ou acertos, não inverter os valores de cada um nesse caso. Desejo melhoras a Daniele, e muita paz e saúde pra família dela.
 
Ronald De Souza em 23/02/2011 10:59:29
E fácil agora todos darem seus palpites,sobre o incidente,dizendo da culpa do policial civil,de ter tentado evitar o assalto,e se ele não tivesse tomado tal atitude,sera que diriam que ele foi negligente,Se o tiro partiu da arma do policial ou do assaltante o que importa neste momento que a vítima esta bem, ou sera que a familia quer uma "indenização" do estado,por este ocorrido,o indice de criminalidade esta aumentando devido nossas leis serem brandas demais,para com os infratores,se forem pegos ficam pouco tempo detidos e voltam a praticar crimes,devido a impunidade,que só as pessoas de bem perdem seus entes e pertences,mais a vida e desta maneira...
 
Luiz Carlos Benites em 23/02/2011 10:54:42
Genteeee cadê os Direitos Humanos nessa hora eles só defendem os bandidos
e os politicos que adoram aparecer pra dizer que a "SAÚDE DO BRASILEIRO ESTÁ EM BOAS CONDIÇÓES QUE É SÓ IR AS UBS QUE VÃO SER ATENDIDOS E AOS HOSPITAIS"seria cômico se não fosse uma história trágica ouvir isso deles Deus guarde essa moça de qualquer dano dessa dessa tragedia e que possa ser atendida logo..........SEM MAIS PALAVRAS ISSO É REVOLTANTE O DESCASO E FALTA DE HUMANIDADE COM ESSA MOÇA...........
 
Milka Lemes em 23/02/2011 10:50:48
gostei da bravura e a humildade de um relato do POLICIAL RENATO DIAS de que o despreparo e grande, meu IR. quero de conhecer.T.F.A
 
Emilio Carlos Silva em 23/02/2011 10:39:52
Entendemos o desespero da familia dessa adolescente, mas eh um absurdo esse padrasto dela dar uma entrevista descendo a lenha no policial dessa maneira, sendo que o projetil que a atingiu foi o do bandido. Por isso que cada vez mais a bandidagem ganha espaco, porque as pessoas de bem sao moles, tem medo de confrontar esses marginais sem escrupulo. Queria ver se ele daria essa essa mesma entrevista se o policial tivesse agido dessa maneira para salva-la de um estuprador...
 
Andre luiz em 23/02/2011 10:37:25
Ah!!! Corrigiram o nome da moça. Que bom.
Pena que o Alexandre Garcia - nas palavras enviadas à uma emissora daqui, tenha matado a moço hoje cedo. Pena.
Só faltou dizer que foi em Campo Grande - no MATO GROSSO.
 
Orlando Lero em 23/02/2011 10:35:54
NESTE CASO SOMENTE A INVESTIGAÇÃO DA POLICIA PODERÁ DIZER O QUE ACONTECEU. ISTO ACONTECE NAS MELHORES FAMILIAS,VAMOS TORCER E PEDIR MUITO A DEUS PELA RECUPERAÇÃO DESTA MOÇA.
VAMOS ESPERAR A AGILIDADE DA POLICIA E COLOCAR OS ASSALTANTES NA CADEIA.
 
genildo carvalho da silva em 23/02/2011 08:29:21
Gente,,que absurdo esses comentários acima..qta gente desinformada !!! Coitado do Policial..quase morre....se joga no chão pra não morrer,,,e o pai dessa garota o POLICIAL ?? tem que culpar os bandidos que atiraram na sua filha seu desinformado !!!
 
MÁRCIO GUERRA em 23/02/2011 07:52:43
Esse pai dessa garota é louco ??? o policial agiu em legítima defesa..e ele fica querendo achar alguém pra botar culpa...Deve tá querendo dinheiro do policial ::??? Acho que essas pessoas nessas situações e pensar antes de culpar alguém...DAKI A POUCO O POLICIAL VIRA O BANDIDO E OS BANDIDOS SÃO OS MOCINHOS !!!! ME POUPE !!!
POLICIAL SE FORMA PRA DEFENDER AS PESSOAS...ELE DEFENDEU OS DOIS HOMENS Q ESTAVAM ENFRENTE AO BANCO E FORAM ASSALTADOS....AGORA SE OS BANDIDOS ATIRARAM NELE..É LÓGICO QUE ELE TINHA QUE REVIDAR ..PARABÉNS POLICIAL
 
Fátima M. Herrera em 23/02/2011 07:50:50
Parabéns por sua colocação Renato.
Seria essa a atitude correta do PC.
 
Evanildo Ribeiro em 23/02/2011 07:41:29
Fácil tecer aqui milhões de comentários sobre a atuação do Policial...ao meu ponto de vista como policial que sou...o PC pecou em certo momento..essa história que o infrator atirou primeiro, é a velha história que não cabe mais...talvez aqui a população desconheça o instituto previsto nessas organizações que promove o servidor por "atos de bravura"....mas voltando a falar da atuação propriamente dita...durante nossos cursos de formação, aprendemos a utilização dos vários níveis da força, bem como, que o uso da arma de fogo deve ser feito de maneira cautelosa, sendo medida extrema...no horário que se DEU o ato, (horário de grande movimentação) ao invés do "ato de coragem" do PC, este poderia ter partido por outro caminho, como por exemplo observado as caracteristicas dos infratores, anotado o número da placa do veículo, e quiça poder segui-lo de maneira que não gerasse desconfiança, em seguinda ligando para o CIOPS, pedindo reforço...o resultado seria certamente muito melhor...por experiência própria e com o pouco tempo que tenho de polícia..já presenciei situação semelhante...não tomei a conduta do policial..e parti para aquilo que aprendi..O RESULTADO FOI A PRISÃO COM SUCESSO DOS DOIS CIDADÃOS E A CONSEQUENTE APREENSÃO DA ARMA QUE PORTAVAM...E NÃO FOI NECESSÁRIO DAR NENHUM TIRO....ao meu ponto de vista a atuação do PC foi PRECIPITADA.
 
Renato Dias da Silva em 23/02/2011 06:54:59
Primeiramente acho ridículo, algumas pessoas tentarem distorcer a ação do policial, dizendo que "se fosse um PM...", sejamos decentes, e admitamos que cada instituição tem sua perticularidade e especificidade. Se um PM estivesse preso, isso é problema do Regulamento Disciplinar daquela instituição. Dizer que o policial civl é despreparado é tão plausível quanto dizer o mesmo de um PM, por que verdade seja dita, NÃO EXISTE TREINAMENTO PARA TROCA DE TIRO REAL, e quem já viveu esse tipo de situação sabe que cada caso é um caso, e que o resto é pura expleculação medíocre. Seja PC ou PM, se age tá errado, se não age igualmente está errado. Para os que acusam o PC de ter agido como herói, e que não devia estar na rua... me responda ONDE ESTAVA A PM? conversando na esquina ad afonso pena com a14? Já que cabe aos mesmos o patrulhamento ostensivo e preventivo. Mas também querem investigar, e sempre alegam falta de pessoal, claro, estão em desvio de função. A verdade é que no calor dos fatos cada pessoa age conforme SEU ENTENDIMENTO E AVALIAÇÃO INDIVIDUAL DA SITUAÇÃO, e é fácil falar sem estar no local e na hora do acontecimento. Vejo muitas pessoas tentando alimentar uma discórdia entre as duas polícias, o que me nada vem a ajudar no combate a violência, diga-se de passagem, que a verdadeira briga deve ser nos escalões superiores, causada pela vaidade de alguns, em detrimento do bem estra da população.
"NA HORA DA DESGRAÇA, AS PESSOAS SE LEMBRAM DE DEUS E DA POLÍCIA, PASSADA A CRISE, ESQUECEM-SE DO PRIMEIRO E EXECRAM A SEGUNDA".
 
Rolando Lero em 23/02/2011 06:32:44
Pelo jeito que esta andado as coisas, é melhor deixar os bandidos agir livremente, pois a população nunca vai estar satisfeita com a ação da policia, nessa situação qualquer policial agiria na mesma maneira, pois você policial deixaria uns vagabundos assaltar na sua frente, e outra essa de anotar características e etc. Todo mundo sabe que não resolve muito, foi uma fatalidade ter acertado a menina, mas duvido esse padrasto devesse acabado de sair do banco com seu salário e os bandidos fosse assaltar o mesmo e o policial não fisece nada será que ele estaria falando assim, é sempre assim nunca ninguém vai ficar satisfeito com o serviço da policia.
 
Jefferson Benedito em 23/02/2011 06:18:15
Esse pebas reconheceram O CHARLIE, talvez porque muitos policiais adoram andar com a arma quase a mostra, ou ainda com aquelas mochilinhas pretas. Aí o ladrão manja na hora. Está em desvantagem, viu atitude suspeita, é local com aglomeração de pessoas, acione o CIOPS, e passe as características dos marginais, pois não havia refém, e o crime era contra o patrimônio.A Polícia Civil possui excelentes profissionais, assim como a PM, mas de vez em quando aparece alguém que não aprendeu direito a cartilha de armamento e tiro( lembram-se do policial que emprestou uma 12 ao filho durante uma festa, e um jovem foi morto "acidentalmente"?)Todos sabemos que é melhor prevenir que remediar. Remediaram, e agora, uma jovem que nada tinha a ver com o entrevero,está no hospital vítima de bala perdida, ou melhor, achada.
 
adalberto rebelo em 23/02/2011 04:55:12
Parabéns ao Policial que mesmo de folga reagiu a ação dos bandidos... é fácil depois do ocorrido as pessoas fazerem as avaliações negativas. A ação sempre é muito rápida, caso a menina não fosse atingida e os bandidos baleados e presos, só teriam elogios neste espaço e com certeza o policial até seria promovido como o caso dos Policiais Civis que prenderam os bandidos que mataram o vereador de Alcinópolis. A grande verdade que a bandidagem perdeu o medo da polícia e agem à luz do dia sem nenhum receio. A nossa legislação precisa ser mudada e bandidos serem tratados como bandidos... Pau neles! Incluindo é claro, os bandidos que usam paletó e gravata...
 
Paulo Queiroz em 23/02/2011 04:42:44
Isso é coisa de policial despreparado, não somente civil como militares, onde já se viu atirar no meio da multidão, dizer q o bandido atirou primeiro, isso é obvio que irá dizer, mas porque ele já estava com a arma no capacete como ele mesmo disse, quer dizer que já tinha intenção de atirar, tem que dar e arma de choque, assim pelo menos não acertão inocentes
 
Fernando Michel em 23/02/2011 04:39:48
CARLOS AUGUSTO DE LIMA

Excelente o seu comentário. Algumas pessoas aqui estão acostumadas a filmes de ação, em que o importante é matar o bandido. Mas pouco sabem que a conduta de um policial deve ser pautada por princípios e regras de execução, obedecidos critérios rigorosos de discricionariedade. Acima de tudo, a segurança da população deve ser a balança da conduta policial, e isso deve ser medido caso a caso. Como vc disse, os bandidos fugiram, a garota foi atingida, portanto, qual a eficácia no caso concreto da atitude do policial?
 
Tício Caio em 23/02/2011 04:21:55
Em primeiro lugar ninguém iria saber se ele era um PC ou não, pois ele estava totalmente descaracterizado até onde sei.
Em segundo lugar ele demonstrou uma reação tanto que chamou a atenção dos milhantes, que perguntou se ele era policial.
Creio eu que ele como um PC bem preparado deveria ter feito um acompanhamento tatico e solicitado reforços que no centro não seria tão dificil.

 
Evanildo Ribeiro em 23/02/2011 04:19:32
E se o tiro fosse fatal, e essa moça estivesse sendo velada agora? será que mesmo assim a conduta do policial estaria correta? Competencia é um atributo inerente ao serviço público, e as vezes um mal maior pode ser evitado em virtude de uma mal menor. O Estado deve responder objetivamente pelos danos que seus agentes causarem a terceiros.
 
Tício Caio em 23/02/2011 04:11:31
Esse padastro tem e que parar de falar besteira. Pois se o bandido tivesse atingido o policial ele diria o que ? Provavelmente nada !! Caso não tivesse tentado defender o
cidadão que estava sendo assaltado, diria q não faz jus a sua merreca de salario.
O melhor e esse cidadão ficar calado e não querer aproveitar da situação pra solicitar
uma indenização do estado. Deve ter algum advogado inescrupuloso dando as orientações.

 
Marco Aurelio em 23/02/2011 03:17:12
Eu queria ver a cara destas pessoas, que aqui estão falando mal da atitude do policial neste caso, se elas estivessem sendo assaltados em pleno centro da cidade, a luz do dia, e ao lado deles um policial se omitindo de socorre-los, sobre a alegação de que não queria se passar por "HERÓI DO DIA," o que eles fariam?
 
Antonio Mazeica em 23/02/2011 03:07:05
Engraçado, se o bandido tivesse atirado na garota e o policial apenas "anotasse as características do ladrão", como sugerido pelo padrasto, ele tb estaria aqui reclamando que o policial não fez nada, é incompetente e não faz jus a profissão... Se bandido é hoje o que é, que assalta a plena luz do dia, no centro da cidade, é por ouvir declarações como a desse senhor. A impunidade aos marginais é amparada pelos direitos humanos, enfim, por tudo. Se a policia trabalha, está errada, o contrário tb é verdadeiro. Vamos acordar gente!!!!!!
 
Rosangela Souza em 23/02/2011 02:17:03
Agora não importa de quem foi o projétil que atingiu essa jovem, importante que ela não fique com nem uma sequela e volte ter uma vida normal.
Eu creio sim que faltou uma melhor avalição do PC, pois em área de grande movimentação ele deveria ter observado isso , pois poderia ter causada
uma tragédia maior e ceifado vidas de inocentes.
 
Evanildo Ribeiro em 23/02/2011 02:06:57
esse padrasto da vítima está é vislumbrando um pedido de indenização do Estado, é um verdadeiro oportunista que com certeza está sendo assessorado por um advogado inescrupuloso oportunista. Não é possível que alguem ache que o policial em seu trabalho quis ser o herói do dia, ele não precisa ser herói uma vez que para viver com seu salário já se torna um herói assim como todos brasileiros da classe trabalhadora.
 
thiago jose em 23/02/2011 02:04:46
Tomara que Deus ajude esse padastro que nunca necessite de uma atuação imprevista de algum Policial. Mas como o castigo em alguns momentos vem a galope, só nos resta ignorar as declarações precipitadas desse senhor.
 
Ezio José em 23/02/2011 01:59:31
Herói do dia não, o policial só fez o trabalho dele. Acho que o padrasto necessita esfriar a cabeça antes de dar declarações descabidas.
 
Bruno Nodes em 23/02/2011 01:47:40
Realmente é lamentával,parece que sempre estão do lado do bandido.Se não reage pq não reagiu? E se reage pq reagiu...é pra acabar,mesmo com o estado emocional abalado a família da moça deveria apoiar o policial que tentou exercer dignamente sua função! aff...
 
alessandra andrade em 23/02/2011 01:42:19
A missão principal de um policial, sempre deve ser a de preservar vidas, depois vem o patrimônio de alguém, em um local de muita movimentação de pessoas trocar tiros com bandido só poderia dar nisso, acredito que jamais um policial deva trocar tiros com um bandido nessas condições, a não ser para preservar uma vida, quando um crime está na iminência de acontecer. A vida é muito preciosa, ele pôs em risco a sua vida e de terceiros.

 
Claudionor G. Farias em 23/02/2011 01:31:55
É lamentável que ainda exista algumas pessoas que faz comentários sem analisar melhor os fatos, como é o caso dos Valter de Oliveira, Fábio Cesar e Ronald de Souza, Ora, tá na cara que o policial, o qual negam em dizer seu nome, quis passar como herói, alias, e se tudo desse certo, ele acertasse os bandidos, com certeza o nome dele estaria estampado nos jornais como herói, mas, tá na cara que o irresponsável atirou primeiro, como poderia os bandidos perguntarem a ele se seria policial e após se distanciar começar a atirar, todos sabem que os policiais cívis vivem de mentiras e esse caso não é diferente.
 
Eduardo Cristiano Gomes em 23/02/2011 01:27:51
ERA OBRIGAÇAO DO POLICIAL INTERFERIR A UM ASSALTO AI O CARA VEM FALA ISSO PELO AMOR DE DEUS
 
alecilvio c ramiro em 23/02/2011 01:01:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions