A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/02/2014 19:03

Para identificar pichadores da Capital, polícia depende de retrato falado

Bruno Chaves

A Polícia Civil de Campo Grande depende de retratos falados para poder identificar os vândalos que picharam o centro da cidade. Segundo o delegado Fernando Nogueira, titular da Depac(Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, uma testemunha deve dar as características dos pichadores.

“A princípio, a investigação não avançou. Mas conseguimos ouvir uma pessoa que presenciou uma das pichações e estamos tentando convencê-la a fazer um retrato falado”, disse.

Segundo Fernando, três grupos disputam para ver quem vandaliza mais a cidade. Além deles, outros pichadores que não pertencem a nenhum bando costumam sujar os prédios da Capital. “Mas o alvo desses três grupos são os prédios públicos”, comenta.

Pichações – Nos últimos 30 dias, diversas pichações começaram a surgir em prédios públicos de Campo Grande. Os pertencentes à prefeitura, na Avenida Afonso Pena, foram os mais atacados.

Símbolos repetidos, em forma de interrogação, dão a entender que os vandalismos foram praticados pelas mesmas pessoas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions