A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

09/08/2014 13:21

Para pagar câmeras de segurança, escola pública vende pastéis no Buriti

Aliny Mary Dias
Pastéis foram vendidos para parentes de alunos e vizinhança (Foto: Marcelo Victor)Pastéis foram vendidos para parentes de alunos e vizinhança (Foto: Marcelo Victor)

Para pagar os R$ 7,5 mil investidos na instalação de 19 câmeras de segurança, a Escola Estadual Olinda Conceição Teixeira Bacha, situada no bairro Buriti, promoveu uma pastelada durante a manhã deste sábado (9).

O objetivo é, além de reunir recursos para quitar a dívida, unir a comunidade e os funcionários da escola. Um exemplo da união é a cozinha onde os pastéis foram preparados, com avental, toucas e luvas, pais de alunos e professores se juntaram para cumprir a tarefa.

A diretora da escola, Sirlei Izabel de Freitas, 49 anos, explica que a ideia de instalar o sistema de segurança surgiu depois que a escola passou por uma grande reforma. Para afastar os pichadores, a única saída encontrada foi a instalação das câmeras.

Todo o valor gasto ficou em R$ 7 mil, parte da dívida foi quitada com o valor arrecadado na festa julina, promovida no mês passado. Com metade da conta para ser paga, a diretoria disse que a ideia de vender pastéis animou alunos e funcionários.

“Nós acreditamos que conseguiremos juntar todo o dinheiro. Foi um sucesso, tivemos até que estender o horário da venda, que seria até às 11h30”, diz a diretora. E o valor era bem camarada, cinco unidades eram vendidas a R$ 10.

Além do dinheiro, a ação une toda a comunidade e quem sai ganhando no final são os alunos. “A comunidade acolheu a escola e por isso nossa iniciativa deu certo”, completa.

Com 19 câmeras, sistema custou R$ 7,5 mil e parte já foi paga (Foto: Marcelo Victor)Com 19 câmeras, sistema custou R$ 7,5 mil e parte já foi paga (Foto: Marcelo Victor)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions