ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  20    CAMPO GRANDE 17º

Capital

Para revidar música de churrascaria, vizinho deixa alarme amplificado por 24h

Equipamento funcionou durante três semanas no Jardim Veraneio; Polícia Militar foi acionada por empresário

Por Jéssica Fernandes | 15/05/2024 12:55
No Bairro Jardim Veraneio, churrascaria é motivo de 'rixa' de morador. (Foto: Henrique Kawaminami)
No Bairro Jardim Veraneio, churrascaria é motivo de 'rixa' de morador. (Foto: Henrique Kawaminami)

Ouvir o alarme do vizinho virou rotina para funcionários e clientes da Fazenda Churrascada, no Bairro Jardim Veraneio. Nas últimas três semanas, o ruído acompanhou o ritmo de serviço dia e noite e só teve fim com a presença da Polícia Militar no endereço.

O alarme que tocou incessantemente e só deu trégua após a PM aparecer foi uma forma do vizinho ‘revidar’ ao barulho que vem da churrascaria. Até uma espécie de amplificador foi colocado no muro para o transtorno ganhar proporções ainda maiores.

O gerente do empreendimento, Luiz Augusto Caldas, disse que não há motivo para tanta irritação. “O senhor está incomodado com a nossa chegada, porém a gente está todo embasado com todas as licenças e documentação necessária para funcionamento. Como a gente está do lado da casa dele, ele se sente incomodado e surgiu esse atrito”, comenta.

O atrito em questão começou após o vizinho reclamar da música ao vivo da churrascaria, que funciona no horário de almoço e jantar durante a semana e aos fins de semana. A reclamação do morador, segundo o empresário, é em relação ao som ao vivo no período noturno.

Veja o vídeo:

“Ele tentou de todas as formas com que a gente não colocasse música ao vivo e que a gente não abrisse a casa no período noturno. Como ele não tem embasamento legal para fazer com que a gente pare de trabalhar, ele começou a perturbar colocando esses alarmes”, afirma.

Após uma ‘prensa’ da equipe policial, o vizinho desligou o alarme. Antes disso, o empresário diz ter chamado a Polícia Ambiental para fazer a medição do volume emitido pelo alarme.  “Ele alega que a gente atrapalha o meio ambiente, mas ele vem e põe um alarme que está emitindo mais de 120 decibéis. Então não tem muita coerência na fala dele”, declara o empresário.

A casa do vizinho fica ao lado do empreendimento, dividindo muro com a área que usada como estacionamento. A reportagem tentou contato com o morador, mas não obteve resposta.

Casa do vizinho fica ao lado do estacionamento do empreendimento. (Foto: Henrique Kawaminami)
Casa do vizinho fica ao lado do estacionamento do empreendimento. (Foto: Henrique Kawaminami)
Detalhe do esquema montado pelo vizinho para amplificar o som. (Foto: Reprodução)
Detalhe do esquema montado pelo vizinho para amplificar o som. (Foto: Reprodução)

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias