A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

09/07/2016 18:15

Passaporte de cunhado de Giroto chega e ele é solto do Centro de Triagem

João Humberto
Giroto e o cunhado Flávio foram presos na quinta-feira. (Foto: Marco Miatelo/Diário Digital)Giroto e o cunhado Flávio foram presos na quinta-feira. (Foto: Marco Miatelo/Diário Digital)

Nesta tarde, por volta das 15h30, o empresário Flávio Henrique Garcia Scrocchio, cunhado do ex-secretário estadual de Obras, Edson Giroto, foi solto do Centro de Triagem de Campo Grande, após apresentar passaporte que veio de Tanabi (SP). Na madrugada de hoje, Giroto e o empresário João Amorim já haviam deixado o local.

A decisão que colocou o trio em liberdade exigiu entrega de passaporte e que ausência da comarca de Campo Grande superior a sete dias seja comunicada à Justiça. Conforme o diretor-presidente da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), Ailton Stropa, só faltava o passaporte de Flávio chegar para que ele fosse liberado.

Giroto e Amorim foram alvos da terceira fase da operação Lama Asfáltica, batizada de Aviões de Lama, realizada nesta semana pela PF (Polícia Federal), Receita Federal e CGU (Controladoria-Geral da União). Flávio também foi preso.

A liminar para que fossem soltos foi concedida pelo desembargador do TRF 3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), Maurício Kato.

Desvio – A operação Lama Asfáltica aponta desvio de R$ 44 milhões em recurso público e que foi formada uma rede de “laranjas”, composta por familiares e terceiros, para lavagem do dinheiro de origem ilícita. Os valores foram transformados principalmente em fazendas, que totalizam 67 mil hectares espalhados por Mato Grosso do Sul.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions