A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/04/2012 13:00

Perícia suspeita que homem tenha sido assassinado por asfixia ou pedrada

Paula Vitorino
Corpo foi encontrado atrás de construção abandonada. (Foto: Marlon Ganassin)Corpo foi encontrado atrás de construção abandonada. (Foto: Marlon Ganassin)

O homem, de aproximadamente 35 anos, encontrado morto nesta manhã, pode ter sido assassinado por asfixia ou com uma pedrada. A suspeita é com base na primeira avaliação da perícia, feita no local.

De acordo com o perito Amilcar da Serra, a evidência é de morte violenta e o corpo já estavam em estado avançado de decomposição, com suspeita de estar no local há cerca de 3 a 5 dias. A vítima não tinha nenhum documento pessoal e ainda não foi identificada.

Na perícia preliminar feita no local, não foram encontradas marcas de perfuração no corpo. As pernas e as mãos da vítima estavam amarradas com uma corda de nylon, que também passava pelo pescoço.

O corpo estava com a barriga virada para baixo e uma pedra de cerca de 30 quilos em cima. Uma toalha foi encontrada perto da boca da vítima.

O perito explica que devido o estado do corpo ainda não é possível precisar se a corda estava apertada no pescoço. Já a toalha, de acordo com Amilcar, pode ter sido usada para abafar gritos ou asfixiar o homem.

A perícia analisou o local do crime e recolheu 1 garrafa de cerveja encontrada próxima ao corpo, a toalha, a corda e a pedra. Os materiais vão passar por perícia para tentar encontrar vestígios de impressão digital. O resultado da perícia deve ficar pronto em 10 dias.

De acordo com o delegado da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, Tiago Macedo, o proprietário da chácara e possíveis testemunhas devem ser chamados para prestar depoimento. O caso será investigado pela 2ª Delegacia de Polícia Civil.

Crime - O corpo foi encontrado no início desta manhã após a Polícia Militar receber denúncia anônima. Uma pessoa ligou dizendo que tinha ido até o local, pois estava interessado em comprar uma área da região, e encontrou o corpo ao lado de uma construção abandonada. A ligação foi feita ontem à noite.

O local fica a cerca de 9 quilômetros do Detran, na saída para Rochedo, em uma trilha em meio a mata, a 5 metros da margem da rodovia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions