A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

20/05/2015 20:00

PM monta "armadilha" e consegue prender homem que roubou seu filho

Alan Diógenes
Caso está sendo investigado pela Depac Piratininga. (Foto: Fernando Antunes)Caso está sendo investigado pela Depac Piratininga. (Foto: Fernando Antunes)

Um homem acusado de roubar uma jaqueta avaliada em R$ 250 foi detido, na tarde desta quarta-feira (20). A prisão foi feita pelo pai da vítima, um policial militar. O jovem de 20 anos havia anunciado o produto no site de vendas OLX e marcou o encontro com o suposto comprador em um posto de saúde da Capital.

Conforme o rapaz, que pediu para não ser identificado, após anunciar a jaqueta no site, três dias depois, na segunda-feira (18), o ladrão entrou em contato com ele marcando o encontro na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Universitário. “Lá ele vestiu a jaqueta e disse que levaria na sala de emergência para a filha deficiente, que estava doente, ver se tinha ficado boa no corpo”, explicou.

Após, o homem ligou novamente para o jovem, perguntando onde ele estava, e que voltaria para pagar a jaqueta. O rapaz esperou por horas e o homem não apareceu. “Daí perguntei aos guardas municipais, e eles me disseram que o mesmo homem havia roubado o celular de uma mulher há duas semanas”, comentou.

Percebendo que se travava de um roubo, o jovem avisou o pai policial que montou uma "armadilha" para pegar o ladrão. “Anunciei no site um celular por um valor alto, na terça-feira (19). No mesmo dia, o mesmo ladrão me ligou e marcamos a entrega do celular em uma mecânica”, mencionou o policial, que também pediu para não ser identificado.

O policial então chegou na mecânica acompanhado de dois policiais civis. Lá o homem aguardava e quando a equipe perguntou se alguém o conhecia, todos disseram que não. O policial logo percebeu através das características e do número que ele havia ligado para a vítima, que o homem era o ladrão da jaqueta e o prendeu.

Em abordagem, o ladrão disse que trocou a jaqueta por drogas em uma “boca de fumo”. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Bairro Piratininga. O delegado Gomides Ferreira dos Santos cuida do caso.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions