A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

18/11/2011 14:12

PM rebate que não é responsável por conceder alvará para conveniências

Aline dos Santos
Câmara discutiu projeto polêmico em audiência pública. (Foto: João Garrigó)Câmara discutiu projeto polêmico em audiência pública. (Foto: João Garrigó)

Alvo de cobrança de ação mais eficiente contra a algazarra em ruas e conveniências, a PM (Polícia Militar) rebateu que não cabe a ela a concessão de alvará.

“Não depende da PM, o alvará especial é concedido pela prefeitura e pela Deops [Delegacia Especializada de Ordem Política e Social]”, afirmou o comandante do Policiamento Metropolitano, coronel Sebastião Henrique Bueno, durante audiência pública na Câmara Municipal.

Nesta sexta-feira foi discutido o projeto de lei que veta o consumo de bebidas com aglomeração de pessoas e perturbação da ordem pública em Campo Grande. A proposta veta o consumo em postos de combustíveis, conveniências, ruas e praças.

Na audiência, moradores do bairro Guanandi relataram que já encaminharam vídeos e abaixo-assinados para a PM e Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) denunciando o som alto e a importunação causada pelas conveniências do longo da avenida Manoel da Costa Lima.

Porém, o coronel lembra que o policiamento encontra dificuldades. “Já fizemos várias incursões na conveniência Giba. Conseguimos impedir o alvará de funcionamento, mas eles entram na justiça para funcionar. Da [conveniência] Guanandi já foi feito inquérito por parte do Ministério Público”. Ainda segundo o coronel, sem alvará especial, o funcionamento pode ser até 23h de segunda a quinta-feira e até meia-noite entre sexta-feira e domingo.

A PM realiza operações em postos e conveniências entre a noite de quinta-feira e a madrugada de segunda. A ação é realizada em parceria com a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente), que verifica a poluição sonora e se a conveniência tem alvará especial para funcionar durante a madrugada. Já a perturbação do sossego é classificada como contravenção penal.



As pessoas de bem não conseguem freguentar essas conveniências, com suas familias. Têm leitores dizendo que é "ditadura" a aprovação de leis mais severas que venha colocar ordem nessa baderna. Vivi na época da ditadura e nunca fui a favor da mesma. Fiquem esses leitores sabendo que na época da ditadura essas badernas não aconteciam. Os militares desciam o pau e levavam todo mundo preso.
 
jose alfredo de melo em 18/11/2011 09:50:52
A FAVOR! Pelo que eu saiba a NOITE foi feita pra dormiiirrr, descansar depois de um dia inteiro de trabalho, de afazares! Estes baderneiros não sabem beber e o pior é que não estão nem ai pro bem público!
A nova Duque de Caxias é outro lugar criado para o lazer que já se tornou um local de arruaças, bebedeiras, direção perigosa, ou seja, desses lugares é que saem os malucos que matam no volante..
 
Alex Fernandes em 18/11/2011 06:44:32
VOU TOMAR MINHA CERVEJA AONDE EU QUISER O DINHEIRO E MEU......PAGO MEUS IMPOSTOS CERTINHO POLICIA TEM QUE IR ATRAS DE BANDIDO....APESAR QUE COM ESSA NOVA LEI DO FRAGRANTE NEM BANDIDO ESTA INDO PRESO...RSRSRSRS
 
leidi ajala em 18/11/2011 06:23:38
ISSO TUDO COMEÇOU COM A TAL LEI SECA..POUCOS LUGARES ESTAO ABERTOS DE MADRUGADA AE TODOS VAO PARA LÁ..SE EXISTIR VARIOS LUGARES PRA SE TOMAR UMA GELADA O POVO SERIA DIVIDIDO E NAO HAVERIA ESSES PROBLEMAS ..LIBERA GERAL Q TA TUDO RESOLVIDO....CHEGA DE TANTAS PROIBIÇOES Q NAO DAO EM NADA E NAO RESOLVE OS PROBLEMAS DE NINGUEM..ESTAMOS NUMA DEMOCRACIA OU NA DITADURA??????

 
luiz carlos aruda em 18/11/2011 05:59:05
se esta lei for aprovada vai aumentar a violencia domestica pois o povo começa a beber em casa aonde acontece mais tragedia ainda pois ai sim envolve a familia!!!!!!!!!!!!
 
adriane ramalho em 18/11/2011 05:52:02
Contra eu pago meus impostos agora so posso tomar minha cervejinha igual preso em casa pior ainda tenho que aturar a mulher...kkkkk
 
joaquim carvalho em 18/11/2011 05:50:19
CONCORDO...OS DONOS DE CONVENIENCIAS TEM DAS 07H00 DA MANHA ATE 23H00DA NOITE SERA QUE ESSE TEMPO NAO ESTA BOM PRA ELES .NAO DEVERIA EXITIR AVARAS 24HORAS EM MS. AQUI SO USUFRUI DESTE SERVIÇO QUEM QUER BAGUNÇAR MESMO.ESTA PARABENS SE APROVAREM.
 
julio mendes em 18/11/2011 05:22:27
tem é que parar de vender essa droga lícida que é a bebida alcoólica ,
 
MAXSUEEL SANTOS em 18/11/2011 04:43:28
DESCORDO-----arume um lugar para os jovens curtir de preferencia aqui na saida para sidrolandia pois colocaram o autodromo mais alem de muito longe e caro demais se eu for entrar la com meu carro pago 30 reais mais 10 por pessoa sendo que nas ruas e de graça pense nisso ao inves de criticarem......
 
catarina mendes em 18/11/2011 03:45:44
POR QUE AO INVES DE FAZER UMA LEI SEM PÉ E NEM CABEÇA NÃO CRIA UM ESPAÇO PARA QUE OS JOVENS POSSAM CURTIR E APROVEITAR E CLARO SEM EXAGEIROS ONDE TENHA SEGURANÇA TAMBEM..AOS INVES DE CRITICAREM OU NINGUEM AQUI FOI ADOLECENTE UM DIA....ESQUECE TAMBEM QUE QUEM CRITICA GERALMENTE O PARENTE DELE E O PRIMEIRO QUE NAO SAI DE LÁ....
 
ismael oliveira em 18/11/2011 03:41:12
DESCORDO..............Fiscalizar sim para coibir os exageros...mas não proibir aqui ta parecendo o tempo da ditadura como o proprio artigo diz e inconstitucional essa lei pois ja existem outras leis que tratam desse asunto como a lei seca e so fazer valer e não ficarem alguns vereadores querendo aparecer na midia
 
marcio cabral em 18/11/2011 03:29:59
Essa conversa toda só porque apareceu na televisão. Tanto problema mais importante pra se resolver pela cidade. Ficam ai com essa hipocrisia. Chamar quem bebe de desocupado é no mínimo falta de utilizar o cérebro pra algo útil senão acompanhar a vida alheia. Eu não bebo em posto ou em conveniência, mas me utilizo desses comércios quando faço ou vou à festas e não faço bagunça pra isso.

 
marcelo yagata em 18/11/2011 03:14:41
Já passou da hora de acabar com esta farra de irresponsaveis nos lugares publicos !
Os politicos devem entender que proteger baderneiro nao rende voto!
Nao sou contra a liberdade, mas com responsabilidade !
Nesta farra tem criaças, jovens e adultos ou seria adulteros!

QUEM AMA CUIDA : chegou a hora senhores politicos!
 
necime l peres em 18/11/2011 03:03:15
Simplismente RIDÍCULO... que proibam o uso de som, bagunças e tal...mais essa de proibir o consumo de bebida..aff e como ficam os bares, como Miça, a Cerv Ja que e nada mais que uma conveniência
 
valdenira soares em 18/11/2011 02:45:44
Isso se chama Brasil, com tanta coisa para se resolver de extrema urgencia, querem discurtir a proibição de bebidas alcoolicas nas ruas e postos de combustiveis...

Vão discutir os salarios dos professores, vao discutir uma saude melhor pra população, moradia, asfalto..... simplismente uma vergonha isso
 
marcio cabral em 18/11/2011 02:44:30
O PROBLEMA não está na venda da bebida, mas na algazarra que os desocupados fazem em frente as conveniências.
 
Moacyr Neto em 18/11/2011 02:39:12
Nem mesmo no tempo do governo militar existia tanta imposição, quanto os nossos vereadores Campograndesse estão querendo impor aos municipes.Estas idéias está muito parecida com antigas histórias contadas em livros ou novelas dos Coronéis do café e da cana de açucar no tempo do Império. Em pleno século XXI é dificil. Cuidado Srs. vereadores estamos proximo as eleições e o povo poderá julga-los

 
larissa silva em 18/11/2011 02:37:45
É, a ditadura mostra suas faces. Daqui uns dias os Srs. Vereadores vão baixar um toque de recolher em Campo Grande...

Acorda Brasil!!!!!!!!!!



 
daniela dantas em 18/11/2011 02:37:21
eu sou trabalhador, particularmente gosto de tomar uma cervejinha antes de voltar pra casa pra relaxar, pago os impostos cobrados, será que vou ter que pagar mais um imposto pra tomar uma cerveja que seja no posto de combustível ou numa conveniencia?

 
rafael moura em 18/11/2011 02:34:18
Essa lei nao vai adiantar, isso nao impede d rolar som em alguns estabelecimentos. A bebida pode nao ser vendida em bares e outros lugares mais como pode ser vendidas em outras conveniencias e vao para outro lugar fazer a bagunça. I esse pessoal ai em cima vivem reclamando, mais é os próprios filhos, netos e parentes deles que vivem juntos, os filhos deles não fazem isso, so os filhos dos outros.

 
marcio cabral em 18/11/2011 02:31:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions