A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Novembro de 2019

07/11/2019 08:10

Polícia Civil de GO e Deco se unem em operação contra fraude em Detran

Em Campo Grande as buscas acontecem nas residências de proprietários de empresas veiculares envolvidos no esquema

Geisy Garnes
Equipes da Deco e da Geccor (Foto: Divulgação)Equipes da Deco e da Geccor (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil de Goiás, com apoio da Deco (Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado), cumpre mandados de busca e apreensão e prisão em Mato Grosso do Sul e outros três estados contra desvios de recursos públicos e corrupção no Detran-GO (Departamento Estadual de Trânsito de Goiás) na manhã desta quinta-feira (7).

Batizada de “Cegueira Deliberada”, a operação, coordenada pelo Geccor (Grupo Especial de Combate à Corrupção), apura desvio de verbas e fraude em licitações do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás. As ações são realizadas em cidades de quatro estados brasileiros: Goiás, São Paulo, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal.

Segundo informações preliminares, em Campo Grande as buscas acontecem nas residências de proprietários de empresas veiculares envolvidos nas fraudes. Ao todo, são cumpridos 60 mandados de prisão e busca e apreensão. Não há detalhes de quantos alvos são de Mato Grosso do Sul.

Fraudes em Detrans - No dia 1º de agosto, as polícias Civil de Mato Grosso do Sul e de São Paulo e a PRF (Polícia Rodoviária Federal) deflagraram duas operações contra fraudes envolvendo Detrans. A Mau Despacho prendeu quadrilha que levava carros locados em Paranaíba e eram levados para Rio Verde de Goiás para terem os documentos falsificados.

No mesmo dia, o gerente-executivo do Detran (Departamento Estadual de Trânsito) de Selvíria, Ailton Vargas Rodrigues, de 45 anos, foi preso pela Operação Dedo Podre, da Polícia Civil de São Paulo. Conforme a investigação, ele era “peça-chave” em esquema de fraude para transferência de pontos de multas e renovação de CNHs (Carteiras Nacionais de Habilitação) de motoristas do interior do estado vizinho.

Equipes da Polícia Civil em buscas nesta manhã (Foto: Divulgação)Equipes da Polícia Civil em buscas nesta manhã (Foto: Divulgação)


Fraude no DETRAN??
O DETRAN é uma fraude.
Cobram quase R$ 200 para inserir uma frase "alienação fiduciária" no documento do veículo. Depois, cobram a mesma quantia para apagar.
Te cobram quase R$ 100 por um exame médico, repassam somente parte do valor para o médico que faz o exame e, quase dois meses depois.
Te cobram licenciamento anual do veículo, o que não faz sentido, pois já cobram o IPVA.
Enfim, é um órgão arrecadador e que prestam serviços de péssima qualidade.
 
Rodney OSilva em 07/11/2019 15:04:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions