A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

24/10/2011 15:50

Polícia descarta duas suspeitas e continua procurando mãe de bebê abandonado

Ana Paula Carvalho
Bebê continua internado na Santa Casa. (Foto: Ronny Viegas)Bebê continua internado na Santa Casa. (Foto: Ronny Viegas)

A delegada Alexandra Maria Favaro, responsável pelas investigações do abandono de um recém nascido na noite da última quinta-feira (20), descartou a participação de duas mulheres apontadas como suspeitas de poder ser a mãe da criança.

De acordo com a delega, nenhum das duas esteve grávida nos últimos meses. A suspeita surgiu porque elas tiveram sangramento e foram atendidas em postos de saúde.

Ainda nesta segunda-feira, a delegada deve receber relatórios dos hospitais com os nomes das mulheres gestantes que deram entrada nas unidades no dia em que o menino foi encontrado.

O bebê recém nascido foi encontrado em uma caixa na noite da última quinta-feira (20) na rua Alegrete esquina com a Avenida Mascarenhas de Morais, em Campo Grande, continua internado na Santa Casa.

Ele está recebendo acompanhamento médico e deve receber alta nos próximos dias. Ele será encaminhado a um abrigo enquanto a Polícia investiga quem é a mãe do menino.

Abandonado - A criança foi encontrada por Thais Cristina da Conceição Maidana, 19 anos, e a amiga dela Adriana da Silva Borges, de 33 anos.

As duas voltavam para casa a pé, quando escutaram um choro de criança na rua. No início elas não ligaram, escutaram mais uma vez e Thais resolveu voltar para ver o que era.

O bebê foi levado para casa de Thais, a mãe da jovem a orientou levar para o Posto de Saúde da Coronel Antonino. Lá o enfermeiro que atendeu o recém-nascido – um garoto pesando 2,930 quilos e 45 centímetros, disse que pela características parecia que o bebê tinha cerca de 2h ou 3 horas de vida.

A criança foi encaminhada pelo Samu (Serviço Atendimento Móvel de Urgência) para a Santa Casa. Ele deu entrada no hospital ainda com um elástico amarrando o cordão umbilical.

A delegada, responsável pelas investigações, ouviu as duas jovens que encontraram o recém-nascido. Segundo ela também já solicitou uma lista das mulheres que tiveram bebês nos últimos dias em hospitais da cidade.

Conforme a delegada, a mãe pode responder inicialmente por abandono de incapaz.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions