ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEXTA  30    CAMPO GRANDE 21º

Capital

Polícia explode objeto encontrado embaixo de carro dentro de posto

Por Francisco Júnior e Mariana Lopes | 15/04/2013 12:15
Policial explo objeto deixado debaixo de automóvel (Foto: Vanderlei Aparecido)
Policial explo objeto deixado debaixo de automóvel (Foto: Vanderlei Aparecido)

Policiais da tropa de choque da Polícia Militar explodiram o objeto encontrado embaixo de um carro que estava estacionado em um posto de combustíveis localizado na avenida Fernando Correa da Costa, no centro de Campo Grande, nesta manhã.

O dono do veículo, que preferiu não identificar, disse que tem um comercio na região e sempre deixa o carro no posto. Segundo ele, hoje, frentistas do posto viram dois homens colocando um objeto embaixo do automóvel e fugindo do local.

A Polícia foi acionada e isolou toda a área. Os policiais apreenderam o objeto e detonaram na em um trecho da avenida Fernando Correa. Ainda não foi confirmado se objeto se trata de um explosivo.

As ruas na região do posto foram bloqueadas, por conta disso, um congestionamento acabou se formando na região central.

Os PMs estão analisando os resíduos apreendidos após a detonação. A área continua isolada.

Ataques - Desde o mês passado, 23 veículos foram alvos de ataques criminosos em Campo Grande. O último ocorreu no dia 9 deste mês na rua Joaquim Murtinho, quando bandidos atearam fogo a veículo Gol estacionado. No Jardim Noroeste, um Fusca foi queimado.

Antes, após registrar 21 ataques, o Garras (Delegacia Especializada em Repressão de Roubo a Banco, Assalto e Sequestro) prendeu o andarilho Estevão Oliveira Alves, de 32 anos. Ele confessou ter ateado fogo em alguns veículos, mas negou participação em todos os ataques. A Polícia confirmou sua participação em 17 ataques e atribuiu outros quatro a ação de vândalos.

A suposta bomba, na manhã de hoje no posto de combustível na esquinda da avenida Fernando Corrêa da Costa com a avenida Calógeras, fechou o comércio e parou o trânsito na região central. O congestionamento atinge várias ruas e avenidas, como Afonso Pena e até a 14 de Julho, paralela ao tumulto. 

Policiais preparam objeto para ser explodido (Foto: Vanderlei Aparecido)
Policiais preparam objeto para ser explodido (Foto: Vanderlei Aparecido)
Após explosão, policial recolhe resquício de objeto (Foto: Vanderlei Aparecido)
Após explosão, policial recolhe resquício de objeto (Foto: Vanderlei Aparecido)
Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário