A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

06/03/2014 10:17

Polícia identifica mais perfis "fakes" criados para atacar vereadores da Capital

Graziela Rezende

A Polícia pediu ao Ministério Público Estadual um novo prazo de 30 dias para investigar os perfis falsos criados para “atacar” vereadores, os chamados "fakes". Segundo o delegado Wellington de Oliveira, no decorrer das investigações surgiram inúmeras outras denúncias generalizadas à Câmara Municipal e aos parlamentares, sendo que todas as pessoas já foram identificadas e serão ouvidas.

“Surgiram novas provas de pessoas que inclusive já foram ouvidas anteriormente e ainda de outras que fazem denúncias aos vereadores como um todo, utilizando as redes sociais, como o Facebook, para cometer os crimes. Portanto, estamos aguardando o retorno do inquérito policial para dar andamento as oitivas”, explica o delegado.

Há alguns dias, o delegado ressaltou ao Campo Grande News que estava investigando a participação de quatro funcionários do prefeito Alcides Bernal (PP) envolvidos nos ataques. Três deles inclusive são comissionados e foram nomeados por serem de confiança do chefe do Executivo.

Os quatro funcionários foram identificados e podem ser indiciados por injúria, calúnia e difamação. O delegado estuda ainda a possibilidade de enquadrá-los no item de formação de quadrilha ou bando.

Polícia investiga quatro funcionários de Bernal por atacar vereadores
A Polícia Civil investiga a participação de quatro funcionários do prefeito Alcides Bernal (PP) na criação de “fakes”, como são conhecidos os perfis ...
Polícia identifica suspeitos que fizeram perfis fakes para “atacar” vereadores
A Polícia Civil da Capital já identificou alguns perfis fakes, abertos na rede social com o intuito de “atacar” vereadores e a Câmara Municipal. Ao C...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions