A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/07/2015 15:20

Polícia investiga mortes de duas mulheres na Capital; uma grávida

Luana Rodrigues

Uma mulher de 24 anos e outra de 37, morreram na manhã deste domingo(12), em Campo Grande. A polícia agora investiga as causas das mortes que foram registradas nas Depac's (Delegacias de Pronto Atendimento Comunitário) do centro e do bairro Piratininga como "a esclarecer".

Conforme o registro de ocorrência, Lucimara Maria de França, 24, morreu por volta das 6h30 da manhã de hoje, após apresentar dores na região abdominal, sangramento intenso e sofrer uma parada cárdio-respiratória. De acordo com o esposo de Lucimara, que registrou o caso à polícia, ela foi levada para o Hospital da Mulher, no bairro Moreninhas 2, onde foi diagnosticada como estando gestante e em seguida, confirmada a morte do bebê. Após isso, o sangramento então persistiu, e a mulher morreu.

Neste caso, a polícia irá investigar se o aborto ocorreu de maneira espontânea, ou se por algum motivo, foi provocado. O marido de Lucimara disse que só ficou sabendo da gravidez hoje, no hospital.

Em outro registro da polícia, a mãe de Regina Barbosa de Souza, 37, disse aos policiais que há dez anos a filha sofreu um acidente automobilístico, e ficou tetraplégica. No quinto dia deste mês, Regina foi internada para ser submetida a uma operação para trocar uma placa com anéis de titânio, que havia furado seu esôfago.

Segundo receituário assinado pela médica Patrícia Almeida, ontem(11) a vítima teve piora no estado clínico, apresentando assim insuficiência respiratória aguda, pneumonia nosocomial e choque séptico, motivo pelo qual a mesma foi internada em uma UTI(Unidade de Tratamento Intensivo). Por volta das 7h da manhã de hoje, Regina não resistiu aos agravos de seu estado de saúde e morreu.

Os dois casos serão investigados pela Polícia Civil de Campo Grande.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions