A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

27/09/2011 19:59

Polícia prende acusado de agredir esposa e sogra na Capital

Paulo Fernandes e Viviane Oliveira
Mulher de 57 anos tem o braço quebrado pelo genro (Foto: reprodução)Mulher de 57 anos tem o braço quebrado pelo genro (Foto: reprodução)
Júlio César Masun Rocha, de 40 anos, estava cada vez mais violento, segundo delegada (Foto: Simão Nogueira)Júlio César Masun Rocha, de 40 anos, estava cada vez mais violento, segundo delegada (Foto: Simão Nogueira)

O vendedor Júlio César Masun Rocha, de 40 anos, foi preso nesta terça-feira após agredir a esposa e a sogra. Ele foi detido no bairro Coronel Antonino, perto do posto de saúde, em Campo Grande.

Na agressão mais recente, no dia 8 de setembro, ele chegou a quebrar um dos braços da sogra, de 57 anos, além de desferir um soco contra o rosto dela. A sogra teve que passar por uma cirurgia no braço.

A delegada Christiane Grossi, da Deam (Delegacia Especializada da Mulher), explicou que decidiu representar pela prisão preventiva de Júlio César por causa da evolução das agressões.

Para ela, o fato da segunda agressão ter sido a mais violenta, indica que, se estivesse solto, Júlio César poderia tomar atitudes ainda piores, em escala geométrica.

Na primeira agressão, que foi contra a esposa, de 27 anos, ele desferiu socos e chutes, no dia 18 de junho. O casal conviveu por quatro anos. Eles têm dois filhos.

Júlio César será indiciado por lesão corporal, cuja pena é de até 3 anos.

Ele será encaminhado para o 4º Distrito Policial.



Mais um HOMEM, agredindo as mulheres, até parece que esses individuos nasceram de chocadeira, ou que me perdoe as vacas de vacas, ou então das entranhas de algum HOMEM. Eles nasceram e foram amamentados por uma mulher, aprenderam a andar, falar, não morreram de fome, de friu por conta de ter uma mulher cuidando. Pior ainda eles devem ter filhas e mães, como reagiria se visse isso acontece com elas
 
silvia dos santos pereira em 28/09/2011 11:14:00
Rosangela Carvalho, surpreende-me vossa manifestação. Se você mesma declara: "...Porque não tem explicação uma mulher passar por essas umilhações várias vezes", como pode, inclusive por ser mulher, fazer um comentário maldoso em relação a esposa "desse animal"?. Com total certeza, da mesma forma que você, essa senhora também não gosta de apanhar. (E humilhação é com "h", ok?)
 
Fernando Silva em 28/09/2011 10:26:26
ela trabalha de domingo a domingo crio os filhos hoje ajuda a criar os netos
e uma pessoa maravilhosa e muito trabalhadeira. ah ela separo do marido
 
erenilda lemes em 28/09/2011 09:59:52
essas pessoas que fala isso que ela gostava de apanhar e porque não sabe como e doido pra pessoa que foi espancada ir ate uma delegacia denuciar
eu convivi com isso minha infancia eu via isso acontecer todos os dias com amiga da minha mãe eu tinha muita do dela mas ela não denuciava por que ele quem trazia o que comer pra casa eles tinhão quatro filhos pequenos
hoje eu tiro o chapeu pra ela.
 
eranilda lemes em 28/09/2011 09:57:29
Pelo jeito a esposa dele gostava de apanhar, já que essa não foi a primeira vez que ele a agrediu, bom será se ela não retirar a queixa...cada uma que aparece...será que passava por tudo isso por amor ou por medo de encarar a vida? Porque não tem explicação uma mulher passar por essas umilhações várias vezes.
 
Rosangela Carvalho em 28/09/2011 08:24:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions