A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

07/05/2014 09:13

Polícia solicita mais prazo para identificar quadrilha do "golpe da boquinha"

Graziela Rezende
Dupla que aplicou golpe em supermercados. Foto: Graziela RezendeDupla que aplicou golpe em supermercados. Foto: Graziela Rezende

Quase três meses após o grupo aplicar o “golpe da boquinha” em Campo Grande, a Polícia ainda não possui informações sobre os integrantes. Em dois dias, com a realização de saques, empréstimos, créditos consignados e antecipação do 13° salário, eles obtiveram R$ 130 mil de quatro vítimas. Segundo o delegado Miguel Said, responsável pelas investigações, é possível que a quadrilha não seja do Estado.

“Com a divulgação da imagem deles e a falta de informações sobre o paradeiro, fica evidente que esta quadrilha constantemente migra para outros locais, sempre em busca de novas vítimas. Outro fato é que não houve mais registro de ocorrências, após as pessoas tomarem conhecimento do golpe”, afirma o delegado.

Neste momento, o delegado diz que aguarda a resposta, encaminhada ao Ministério Público Estadual, no qual ele solicitou mais um prazo de 30 dias para dar continuidade às buscas.

Quem souber informações pode entrar em contato com a 1ª Delegacia de Polícia. O telefone é (67) 3312 – 5725.

Golpes - Nos dias 10 e 11 de fevereiro, o grupo circulou em um supermercado na rua Maracajú e posteriormente na 13 de maio, abordando as vítimas. O fato acontece após o cartão “travar” na entrada do cartão. As golpistas fingem entrar em contato com o serviço do banco, solicitando o bloqueio do cartão.

A vítima então repassa dados pessoais e inclusive a senha bancária, acreditando ser necessário para o bloqueio do cartão. Logo depois, a pessoa vai embora e o cartão é facilmente retirado pelas golpistas, que efetuam saques, transferências e até empréstimos, conforme explica a Polícia.

 

Polícia divulga imagens da quadrilha do "golpe da boquinha" que já fez 4 vítimas
A Polícia conseguiu imagens da ação da quadrilha que está aplicando o “golpe da boquinha” em Campo Grande. Segundo o delegado Miguel Said, responsáve...
Mulheres do "golpe da boquinha" deram prejuízo de R$ 54,5 mil em um dia
A Polícia continua com as buscas para encontrar as mulheres que aplicaram o “golpe da boquinha” em Campo Grande. A ação é semelhante com o "golpe do ...
Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions