A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

09/06/2011 09:10

Polícia suspeita do envolvimento de funcionários em roubo a cofre de empresa

Francisco Júnior

Foram roubados mais de R$ 40 mil

Malote de empresa foi levado ontem.Malote de empresa foi levado ontem.

A Polícia Civil suspeita do envolvimento de funcionários ou ex-funcionários no roubo ao cofre de uma distribuidora de metais na manhã de ontem (8), em Campo Grande.

De acordo com Fábio Peró, delegado da Derf (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes de Roubos e Furtos) responsável pela investigação, os bandidos sabiam exatamente onde estava o cofre e o CPU onde ficavam armazenadas as imagens gravadas pelo circuito interno de segurança da empresa. “Isso leva a crer que tenha funcionário ou ex-funcionário envolvido”, relatou.

Os bandidos levaram o cofre que continha mais de R$ 40 mil referentes ao movimento do dia.

O carro de uma funcionária da distribuidora utilizado no assalto foi encontrado ontem à tarde atolado em uma rua do bairro Lagoa Rica, na Capital. O veículo já foi periciado e entregue a proprietária.

De acordo com o delegado, impressões digitais foram colhidas no carro. “Agora resta saber de quem são essas digitais”, explicou.

A polícia obteve imagens do circuito interno de segurança de um estabelecimento próximo ao local do roubo. Conforme Fábio Peró, as imagens não ajudam na investigação, já que mostram apenas um bandido e ele está encapuzado.

Ação - Para conseguir entrar na empresa e roubar o cofre, os bandidos sequestraram uma funcionária.

A mulher relatou à Polícia Civil que ela e o marido seguiam para o local onde ela trabalha, no Classic do casal, quando foram abordados por três bandidos encapuzados e com armas de fogo, que saíram de um Citroen.

Ela declarou ainda que os assaltantes sabiam que ela tinha a chave da empresa, o nome dela e também qual era o processador de dados onde ficam armazenadas as imagens feitas pelas câmeras de segurança.

Terminal rodoviário de Campo Grande oferece cartões de Natal gratuitos
A rodoviária de Campo Grande, mais um ano, oferece gratuitamente cartões de Natal gratuitamente para os passageiros que passarem pelo local até o pró...
Universidade do MS recebe certificação de excelência em gestão
Será recebida pela UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) em solenidade que acontece na próxima segunda-feira (18) o certificado de excelência em ges...
Águas Guariroba continua com campanha de renegociação de dívidas
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...
Prefeitura e TJ prorrogam renegociação de dívidas ajuizadas até 3ª
O programa de refinanciamento de dívidas da Prefeitura de Campo Grande foi prorrogado até o dia 19 de dezembro, a próxima terça-feira, no Centro de C...


PARABENS PRA O DELEGADO
 
MARLON LUCENA em 17/05/2012 11:47:15
E Amauri,nao podemos esquecer dos misterios que ocorrem quando sobrinho de secretario de estado,oficial da pm,ou alguem que tem algum contato sofre alguma ação criminosa,e misteriosamente tudo se resolve,este e o Mistériooooooo....da nossa SEJUSP!!!!!!!
 
marcelo argemon em 09/06/2011 12:16:57
Não consigo entender como um camarada que tem tanta inteligencia e preparo para passar num concurso da Policia Civil, se mete com coisas erradas ecoloca sua carreira a perder, que bobagem meu Deus, pudera eu estar na posição deles.
 
Gustavo Cesar C. Gonçalves em 09/06/2011 10:29:04
Oras, de acordo com informações aleatorias, em caso de roubo não seguido de morte, a pericia não costuma colher impressões digitais! A reportagem, em momento algum menciona latrocinio, então, por que será que colherão impressões digitais no carro encontrado? Seria pela importancia da empresa, considerando o montante diario recolhido pela empresa, ou seja, não tratar-se de roubo à casa de um "joão ninguém"? Misteeeeeeeeeeeeeeeeeeeerio!!!!!!!
 
amauri da silva em 09/06/2011 10:16:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions