A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

27/03/2012 17:39

Polícia vai examinar digitais para identificar homem achado morto em córrego

Mariana Lopes

-

O corpo foi encontrado no último domingo, no córrego Anhanduí, em avançado estado de decomposição

Corpo foi encontrado no domingo (25), no córrego Anhanduí, na avenida Ernesto GeiselCorpo foi encontrado no domingo (25), no córrego Anhanduí, na avenida Ernesto Geisel

Agentes do Imol (Instituto Médico e Odontológico Legal) colheram nesta terça-feira (27) material para precisar as impressões digitais do homem encontrado morto no córrego Anhanduí, no último domingo (25). O corpo estava em estado avançado de decomposição e não foi encontrado nenhum documento de identidade com ele.

Segundo informações repassadas por um agente do instituto, o laudo do exame deve ficar pronto em 15 dias.

Hipóteses - De acordo com a delegada Fernanda Félix, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do bairro Piratininga, o homem aparenta ter de 30 a 35 anos. Ela levantou duas hipóteses.

Uma é a de que o homem tenha sofrido um infarto próximo à margem do córrego e caído. E a segunda é de que ele pudesse estar bêbado, ter perdido o equilíbrio, caído e se afogado.

Segundo a perícia que esteve no local, pelo estado de decomposição do corpo, é possível que o homem tenha caído no córrego há cerca de três dias do qual foi encontrado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions