A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

11/01/2013 19:31

Posto de saúde fecha mais cedo para pintura e gera reclamações de moradores

Nícholas Vasconcelos e Viviane Oliveira
Quem foi ao posto de saúde do Estrela do Sul teve de voltar para casa sem atendimento. (Foto: João Garrigó)Quem foi ao posto de saúde do Estrela do Sul teve de voltar para casa sem atendimento. (Foto: João Garrigó)
Aviso na entrada da unidade avisava sobre o fechamento da farmácia ontem e hoje. (Foto: João Garrigó)Aviso na entrada da unidade avisava sobre o fechamento da farmácia ontem e hoje. (Foto: João Garrigó)

O fechamento adiantado do posto de saúde do conjunto Estrela do Sul gerou reclamação dos moradores nesta sexta-feira (11). O expediente da unidade básica de saúde William Maksoud deveria se encerrar às 17h, mas por conta da pintura teve de terminar uma hora mais cedo.

A dona de casa Maria Aparecida Alves, 59 anos, foi até a unidade para buscar remédios para o tratamento de diabetes e pressão alta, dos quais ela faz uso continuo. Ela foi a pé e chegou antes das 16h, mas encontrou a farmácia fechada.

“Eu não esperava por isso, agora vou ter que esperar meu irmão me levar até o posto do Coronel Antonino”, disse.

Quem também procurou a unidade foi a dona de casa Lucilene Cristaldo, 30 anos, que precisou de uma carona da vizinha Sheila Almeida Silva, 19 anos, para marcar uma consulta médica e pegar remédios na farmácia. A vizinha precisava dos serviços para também agendar consulta e não conseguiu.

“Vamos para o Coronel Antonino, que é mais longe, mas não vamos perder a viagem”, reclama.

O Campo Grande News apurou que a unidade passa por pintura desde a quarta-feira da semana passada em partes. Um aviso foi colocado na porta do estabelecimento informando que a farmácia estaria com o atendimento prejudicado ontem e hoje.

A unidade fechou às 16h porque era preciso organizar a recepção que vai passar por pintura no fim de semana. A reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da Prefeitura, mas não obteve retorno.



Em meio à epidemia de dengue, a pintura no posto de saúde deveria ter recebido último nível de prioridade. Afinal, o novo prefeito não diz que vai governar para as pessoas?
 
Marta Otto em 12/01/2013 01:48:49
Populacao de Campo Grande nao sabe se reclama que o predio está sendo pintado ou que o predio está sem pintura
 
Andre Jacques em 11/01/2013 23:43:52
Pessoal sabe que a UBS fecha Às 17h e ainda querem reclamar, saiam mais cedo de casa oras!! Haja paciência!
 
Willian Aquino em 11/01/2013 21:57:28
A população não esta contente com nada, se esta suja as paredes reclama, porque ninguem faz nada cade nosso dinheiro, se para para pintar porque não tem como pintar com pessoas dentro, a são preguissosos não trabalham, ha população sem jeito. Estão reclamando paga para ir a um hospital particula mais tenho certeza de que quando estiver as paredes suja irão reclamar tambem...
 
mauro lopes em 11/01/2013 19:53:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions