A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

25/10/2017 15:54

Prefeitura abre propostas à licitação de R$ 43 milhões para tapa-buraco

Abertura teve início nesta tarde. para definir quais empresas serão habilitadas à próxima fase

Guilherme Henri
Representantes de empresas habilitadas durante abertura de envelopes com propostas a concorrência de R$ 43 milhões (Foto: Guilherme Henri)Representantes de empresas habilitadas durante abertura de envelopes com propostas a concorrência de R$ 43 milhões (Foto: Guilherme Henri)

Começou às 14h desta quarta-feira (25) a abertura das propostas das 17 empresas habilitadas em arrematar contratos de tapa-buraco em Campo Grande. O resultado deve sair até o final da tarde já que até às 15h30 os envelopes ainda eram abertos.

A ação é feita na Central de Compras e Licitação da Prefeitura da Capital. O preço da concorrência é R$ 43 milhões e vai contratar sete empresas para executar o serviço de reparo no asfalto nas setes regiões de Campo Grande.

Empresas - Conforme publicação no diário oficial do município, do dia 28 do mês passado, foram habilitadas para esta etapa as empresas: Usimix, Empresa Brasileira de Saneamento; Construtora Alvorada; Gradual Engenharia e Consultoria; Anfer Construções e Comércio; Pavitec Construtora; Evento Construtora de Obras, Engepar Engenharia e Participações; Diferencial Serviços e Construções; Infrater Engenharia; Construtora Rial; Enerpav G.S.; Wala Engenharia; CGR Engenharia; MR & JR Locação de Máquinas e Equipamentos; Teccon S/A Construção e Pavimentação e Via Venetto Construtora de Obras.

Licitação - O atual contrato terminou no dia 27 de setembro, portanto, a prefeitura atua com equipes próprias até que a licitação vigente seja finalizada e as empresas ganhadoras contratadas.
Lançado em 28 de abril, o edital 004/2017 previa gastos de até R$ 47.446.916,16. Contudo, em 30 de maio, o TCE suspendeu o procedimento após o IEAMA (Inspetoria de Engenharia, Arquitetura e Meio Ambiente), setor do próprio tribunal, apontar irregularidades.

A concorrência foi liberada pelo Tribunal de Contas em 13 de julho, após ficar parada por 49 dias.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions