ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  05    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Prefeitura agora vai às compras por macas, oxímetros e medidores de pressão

É o terceiro processo de licitação para reforçar enfrentamento à pandemia de covid-19 aberto nesta semana

Por Jones Mário | 15/07/2020 11:46
Camas hospitalares tipo fawler em corredor de unidade de saúde de Campo Grande (Foto: Arquivo/Sesau)
Camas hospitalares tipo fawler em corredor de unidade de saúde de Campo Grande (Foto: Arquivo/Sesau)

Pelo terceiro dia consecutivo, a prefeitura de Campo Grande abriu licitação para compra de equipamentos a fim de reforçar o enfrentamento à pandemia de novo coronavírus nas unidades de saúde. O pregão desta quarta-feira (15) prevê a aquisição de camas hospitalares, oxímetros de pulso,  medidores de pressão e outros itens, orçados em R$ 2 milhões.

O edital estima 150 novas camas do tipo fawler; 150 aspiradores cirúrgicos portáteis; 150 biombos; 150 escadas de dois degraus; 45 esfigmomanômetros (medidores de pressão); 300 estetoscópios; 40 kits laringoscópicos; 150 oxímetros de pulso; e 360 ambús (respiradores manuais).

A lista de compras conta ainda com armários, mesas, 300 suportes para soro, lanternas clínicas, carrinhos para transporte de materiais, oftalmoscópios e otoscópios.

A justificativa para a licitação é a mesma dos pregões abertos nestas segunda (13) e terça (14) - a escalada de casos de covid-19 em Campo Grande e o deficit de 153 leitos de UTI na macrorregião atendida pela Capital.

As licitações abertas nesta semana para ações de enfrentamento à pandemia em Campo Grande já somam estimativa de investimento de R$ 30,4 milhões.

Com 345 novos casos, a Capital ultrapassou a marca dos 5 mil confirmados para novo coronavírus nesta quarta, segundo boletim da SES (Secretaria Estadual de Saúde). A doença já matou 45 pessoas.