A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 18 de Setembro de 2018

18/08/2018 15:31

Prefeitura articula retomada de pista de atletismo do Parque Ayrton Senna

Anúncio foi feito durante assinatura da licitação para revitalização do Parque Jacques da Luz

Adriano Fernandes e Humberto Marques
Marquinhos comentou sobre o projeto durante agenda, esta tarde, no Jacques da Luz. (Foto: Henrique Kawaminami) Marquinhos comentou sobre o projeto durante agenda, esta tarde, no Jacques da Luz. (Foto: Henrique Kawaminami)

A prefeitura de Campo Grande articula em Brasília a retomada das obras da pista oficial de atletismo no Parque Ayrton Senna, no bairro Aero Rancho, em Campo Grande.

O anuncio da obra permeia 23 anos, passando por várias gestões, sem sair do papel e chegou a ser encaminhada ao Ministério do Esporte no ano passado, mas foi novamente paralisada durante a saída de Leonardo Picciani (MDB-RJ) do Ministério.

Atualmente, no entanto, o projeto está na “mesa do atual ministro”, adiantou o prefeito Marquinhos Trad (PSD). “O Picciani saiu do ministério, entrou o atual e já esta em cima da mesa dele os pedidos para a conclusão da pista de atletismo do Parque Ayrton Senna”, comentou.

Se autorizada à destinação dos cerca de R$ 7 milhões equivalentes a obra, a Capital terá a primeira obra de atletismo de Mato Grosso do Sul a ter piso emborrachado, dentre outras tecnologias para o treino de atletas de auto rendimento.

 

Reforma das piscinas do complexo aquático terão atenção especial. (Foto: Henrique Kawaminami) Reforma das piscinas do complexo aquático terão atenção especial. (Foto: Henrique Kawaminami)

“Tivemos uma série de problemas no decorrer desse projeto, mas há todo um conjunto de esforços para retomada da obra. Se tudo correr bem vamos a anunciar em breve”, acrescentou o diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esporte e Lazer), Rodrigo Terra.

O anunciou foi feito nesta tarde (18) durante a solenidade de assinatura da licitação para revitalização do Parque Jacques da Luz, nas Moreninhas. Outro projeto ambicioso que integra o plano de reformas dos principais parques da Capital.

Orçada em R$ 1,6 milhão a obra vai revitalizar toda a estrutura do parque em especial o complexo aquático que há anos padecia pelo abandono. “Vamos reformar os banheiros, readequar salas para a prática de esportes, jogos, balé. Mudar a parte hidráulica, elétrica. É uma grande reforma”, explicou Terra. A previsão, ainda inicial, é de que a reforma seja concluída em maio de 2019.

Diferente das revitalizações do Guanandizão e Belmar Fidalgo, por exemplo, que contaram com apoio do Governo do Estado e iniciativa privada, respectivamente, no Jacques da Luz os recursos são apenas municipais.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions