ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, DOMINGO  16    CAMPO GRANDE 24º

Capital

Prefeitura doa 6 áreas avaliadas em mais de R$ 3 milhões para empresas

Além da doação dos terrenos, prefeitura pede isenção fiscal para outras duas

Por Jhefferson Gamarra | 18/10/2021 15:08
Área localizada no Polo Industrial Oeste de Campo Grande. (Foto: Divulgação)
Área localizada no Polo Industrial Oeste de Campo Grande. (Foto: Divulgação)

A Prefeitura de Campo Grande enviou para a Câmara Municipal, 6 projetos para a doação de terrenos e 2 de isenção fiscal para instalação de empresas na Capital.  As áreas estão avaliadas em R$ 3.029.222 e fazem parte do Prodes (Programa de Incentivos para o Desenvolvimento Econômico e Social).

A destinação dos bens e isenções fiscais receberam parecer favorável do Codencon (Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico). As empresas beneficiadas atuam no setor de comércio de combustíveis, informática, logística, construção civil, agropecuária e comércio de papel, vestuário e alimentos.

O terreno mais caro será destinado a empresa Elias Lima ME, que atua no ramo de comércio varejista de mercadorias em geral com predominância de produtos alimentícios. A área está localizada no Polo Industrial Oeste e está avaliada em R$ 1.210.500.

Já a E3 Informática LTDA, que trabalha com acervo documental de empresas, ocupará uma área com valor de R$ 291.700,00. A Empresa GMAD Campo Grande Suprimentos Para Móveis LTDA, terá um espaço avaliado em R$ 504.522,14 para sua expansão. A Empresa Jovem Uniformes EIRELI EPP, do ramo atacadista e varejista de artigos do vestuário e acessórios para uso profissional e de segurança do trabalho, fará jus a uma área avaliada em R$ 291.300,00. Finalizando a lista de doações, a Empresa Sementes Conquista EIRELI EPP, que tem como foco a produção, beneficiamento, comércio atacadista e varejista de sementes, terá uma área no valor de R$ 291.700,00.

As outras duas empresas beneficiadas serão o Auto Posto Tche – EIREL e a Empresa Concrelaje Indústria de Pré-moldados De Concreto Ltda. A primeira terá queda de 50% do IPTU sobre o imóvel do empreendimento, localizado na Rodovia BR 163, 3550, Chácara n. 04, no Distrito de Anhanduí. Já a empresa de construção civil terá redução de 30%  do (IPTU) por 3 anos incidente sobre o imóvel beneficiado, localizado na Avenida Alexandre Herculano, 2670, no Bairro Jardim Veraneio e a isenção do ISSQN sobre as obras de construção do empreendimento.

Todas as empresas beneficiadas deverão contratar pessoas por intermédio da Funsat (Fundação Social do Trabalho) e ainda aderir ao Selo de Compromisso com a Igualdade de Gênero – CIG, nos termos do Decreto Municipal n. 13.248.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário