A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

18/08/2012 10:05

Prefeitura estima que 57,8 mil crianças sejam vacinadas em Campo Grande

Gabriel Neris e Elverson Cardozo
Pais enfrentaram fila para vacinar os filhos no primeiro dia da Campanha de Multivacinação (Foto: Simão Nogueira)Pais enfrentaram fila para vacinar os filhos no primeiro dia da Campanha de Multivacinação (Foto: Simão Nogueira)

A Prefeitura de Campo Grande estima que 57.818 mil crianças sejam vacinadas entre hoje (18) e a próxima sexta-feira. O lançamento da Campanha de Multivacinação, que faz parte da Campanha Nacional de Vacinação, foi realizado na manhã deste sábado na UBSF (Unidade Básica de Saúde da Família) Aquino Dias Bezerra, localizada na rua Nizia Floresta, no bairro Vida Nova II.

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) disponibilizou 350 profissionais e 62 postos de vacinação para a imunização das crianças menores de cinco anos.

De acordo com o secretário Leandro Mazina, a novidade para este ano são as vacinas pentavalente e pólio inativa. A pentavalente previne contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite, substituindo a vacina tetravalente.

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho, afirmou que as vacinas estarão disponíveis somente nas UBS (Unidades Básicas de Saúde), e reforçou que a vacina é para atualização do calendário de vacinação básica da criança.

Preconizado pelo Ministério da Saúde, as vacinas ficarão nas UBS porque precisam estar refrigeradas. “Mas isso não serve de desculpa para não atualizar a vacina das crianças”, comentou Trad.

Hoje, as vacinas serão aplicadas até as 17h. Durante a semana as aplicações serão em horário comercial.

Mercedes Cavaleiro Noveira foi a UBSF consultar a carteira de vacinação dos 8 filhos (Foto: Simão Nogueira)Mercedes Cavaleiro Noveira foi a UBSF consultar a carteira de vacinação dos 8 filhos (Foto: Simão Nogueira)

Fila – O evento contou com a apresentação de um grupo indígena da aldeia Água Bonita. A abertura do dia “D” da campanha gerou filas de pais que optaram em levar os filhos logo no primeiro dia na UBSF. Até as 8h30, mais de 20 pessoas já haviam sido atendidas.

Na fila estava a dona de casa Genilza Francisca Farias, de 20 anos. Moradora do bairro Tarsila do Amaral, ela levou os filhos gêmeos de 1 um ano e três meses para colocar a vacinação em dia.

Genilza conta que ficou sabendo da campanha através de cartaz e também pelo agente de saúde que passou em sua residência. “A campanha é importante, deveria ter mais para alertar e lembrar as mães”, comenta.

Mercedes Cavaleiro Noveira, de 35 anos, também moradora do Tarsila do Amaral, foi a UBSF para consultar a carteira de vacinação dos oito filhos.

A dona de casa diz que também ficou sabendo da campanha pelas informações divulgadas no bairro. “Soube da campanha pelo cartaz do posto, mas o agente de saúde também foi em casa”, conta.

A mãe diz que aproveitará para vacinar o filho de cinco anos e também para atualizar a carteira de vacinação dos filhos adolescentes de 13 e 16 anos.

Durante discussão, adolescente de 17 anos é esfaqueado pelo amigo
Um jovem de 17 anos foi levado em estado grave para a Santa Casa após ser esfaqueado na noite deste sábado, na frente da casa em que mora no Bairro G...
Após furtar obra, ladrão é capturado por moradores e ferido a tiros
Marcio Estacio Duarte Teixeira, de 31 anos, foi socorrido a Santa Casa de Campo Grande após ser atingido por dois tiros na madrugada deste domingo (1...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions