A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

05/06/2018 17:30

Prefeitura firma parceria com Energisa para poda de árvores

Empresa vai disponibilizar 10 caminhões e vai realizar o serviço com auxílio de secretarias municipais

Izabela Sanchez
Titular da Semadur, José Marcos da Fonseca, Prefeito Marquinhos Trad e o diretor-presidente da Energisa, Marcelo Vinhais Monteiro, assinam termo de cooperação (Divulgação/PMCG)Titular da Semadur, José Marcos da Fonseca, Prefeito Marquinhos Trad e o diretor-presidente da Energisa, Marcelo Vinhais Monteiro, assinam termo de cooperação (Divulgação/PMCG)

A prefeitura de Campo Grande firmou contrato com a Energisa – concessionária responsável pela energia da cidade - para o serviço de poda de árvores. A ação vai ser realizada sem custo para a administração. A parceria foi formalizada na tarde desta terça-feira (5), quando o prefeito Marquinhos Trad (PSD) assinou o termo de cooperação. Conforme explicou o prefeito, a empresa irá fornecer 10 caminhões com equipe técnica.

“A gente vai fazer, juntamente com o apoio da Energisa, que vai entrar com mais 10 caminhões e equipe técnica, junto com os engenheiros agrônomos da prefeitura e engenheiro ambiental para fazer as podas das árvores, que obstruem a iluminação e a sinalização semafórica”, explicou o prefeito. Marquinhos também afirma que as adminitração recebe muitas solicitações dos moradores, respondidas com “certa demora”, por falta de condições da prefeitura.

Segundo o prefeito, há, no âmbito da Sisep (Secretaria Municipal De Infraestrutura E Serviços Públicos), apenas dois caminhões com equipes. Há duas licitações em curso para contratar empresas, mas uma delas foi suspensa.

“Na semadur está em processo de licitação para contratarmos empresas que realizam esse tipo de serviço. Para economizar, até porque nossa gestão tem buscado cada vez mais diminuir o custeio nós fizemos a parceria com a Energisa que vai entrar com 10 caminhões e 10 equipes completas”, afirmou Marquinhos.

O titular da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), José Marcos da Fonseca, explicou que uma das licitações foi suspensa porque empresas questionaram o processo. A outra, explicou ele, “está sendo formatada”. O edital, disse, passa por correções para ser lançado.

Diretor-presidente da Energisa, Marcelo Vinhais Monteiro comentou que além do serviço, a parceria busca troca de conhecimentos. Segundo ele, 50% das causas dos desligamentos de energia em Mato Grosso do Sul estão ligados à queda de árvores ou galhos. Além dos desligamentos, ocorre a inibição da iluminação causada pelo crescimento desmedido da copa das árvores.

“O objetivo do convênio também é uma troca de experiência, ou seja, a secretaria de meio ambiente vai nos ajudar, com o conhecimento que ela tem, para que a gente oriente o pessoal e a poda seja feita da melhor forma possível, pra evitar a questão do problema de segurança, ou seja queda de poste, cabo, como também a qualidade do fornecimento. Ter uma troca de conhecimento entre a secretaria de meio ambiente e a Energisa”, afirmou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions