A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 22 de Setembro de 2018

12/04/2018 17:19

Prefeitura inicia projeto para revitalizar polos industriais e empresariais

Haverá limpeza dos lotes e troca de sinalização na entrada das áreas

Kleber Clajus
Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Luiz Fernando Buainain anunciou hoje o processo de revitalização (Foto: Diogo Gonçalves/PMCG)Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Luiz Fernando Buainain anunciou hoje o processo de revitalização (Foto: Diogo Gonçalves/PMCG)

A Prefeitura de Campo Grande lançou, nesta quinta-feira (12), projeto destinado a limpeza e sinalização de polos empresariais e industriais. Primeira intervenção ocorre em estrutura na região oeste, na saída para Terenos, que tem instaladas 46 empresas em 153 lotes.

Cronograma inclui a identificação das entradas principais dos polos, substituição das placas do Prodes (Programa de Incentivos para o Desenvolvimento Econômico e Social), a limpeza de áreas comuns, dos lotes e remoção de lixo. 

Luiz Fernando Buainain, secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, pontuou ser este um processo de repaginação que busca aproximar o poder público do setor produtivo. "As empresas são guerreiras e esperam atitude proativa da nossa parte", ressaltou.

Equipamentos foram cedidos pela Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos), assim como suporte da Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) nas intervenções a serem realizadas em todos os polos empresariais da Capital.

Investimento - Foram aprovados, nos últimos 14 meses, 86 projetos para recebimento de incentivos fiscais como desconto do ISSQN (Imposto sobre Serviço de Qualquer Natureza) durante a construção do empreendimento e do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano).

Ratificadas pelo Codecon (Conselho de Desenvolvimento Econômico), essas propostas representam R$ 600 milhões em investimentos e geração de 2,8 mil novos empregos. 

Planejamento da Superintendência de Indústria e Comércio da Capital, em fevereiro, havia adiantado em reunião com empresários o interesse de criar dois novos núcleos industriais, além de reorganizar o polo sul que foi destinado a Cidade dos Ônibus e está pendente de licença ambiental. No oeste, 40 dos 150 lotes estão livres, enquanto 70 serão retomados. Outros 40 do polo norte foram preenchidos, assim como os 23 do Paulo Coelho Machado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions