ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  21    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Prefeitura mantém suspensas cirurgias eletivas até 7 de abril

Resolução prorroga suspensão de cirurgias ambulatoriais e hospitalares na rede privada

Por Ana Paula Chuva | 01/04/2021 13:42
Hospital Cassems em Campo Grande na Avenida Mato Grosso. (Foto: Kisiê Ainoã | Arquivo)
Hospital Cassems em Campo Grande na Avenida Mato Grosso. (Foto: Kisiê Ainoã | Arquivo)

A Prefeitura de Campo Grande manteve a suspensão das cirurgias eletivas na rede privada da Capital. Decreto estadual publicado na quarta-feira (31) também manteve suspensos os procedimentos tanto na rede pública quanto na rede privada.

Conforme resolução da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), as cirurgias eletivas na rede privada de saúde da Capital ficarão suspensas até dia 7 de abril. A princípio os procedimentos estavam suspensos até ontem.

A medida já vinha sendo adotada, de forma individualizada, pelas instituições, mas agora passa a valer para todas na cidade.  No decreto estadual estão liberadas  as cirurgias cardíacas, oncológicas, neurológicas e aquelas que, mesmo caracterizadas como eletivas, possam causar danos ao paciente caso não sejam realizadas durante o período de suspensão.

Já no texto, publicado no Diogrande de hoje (1°), todos os procedimentos cirúrgicos eletivos ambulatoriais e hospitalares ficarão suspensos na rede privada da Capital. Sendo permitidos apenas os na modalidade hospital dia, que não utilizem sedação profunda que precisem de medicação em falta no mercado, anestesia geral ou intubação.

Nos siga no Google Notícias