ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 27º

Capital

Prefeitura retoma atendimento presencial nos Cras e centros de convivência

Serviços remotos foram mantidos para que atendiemnto seja híbrido

Por Clayton Neves | 02/08/2021 21:07
Unidades seguem distanciamento e protocolos de higienização. (Foto: PMCG)
Unidades seguem distanciamento e protocolos de higienização. (Foto: PMCG)

A Prefeitura de Campo Grande retomou nesta segunda-feira (2)  o atendimento presencial em 27 unidades do Cras (Centro de Referência em Assistência Social), Centro de Convivência e Centro de Convivência do Idoso. Com a retomada, os locais mantêm foco em atividades que priorizam o distanciamento social e o uso individual de materiais.

Pensando na segurança de quem é atendido, a  SAS  (Secretaria Municipal de Assistência Social), manteve serviços remotos para que o atendimento possa ser oferecido na modalidade híbrida. As salas funcionam com apenas 30% da capacidade e protocolos de segurança e higienização seguidos à risca.

“Trabalhamos em parceria com o calendário escolar da Rede Municipal de Educação, por isso essa acolhida é necessária nesse momento, para que as crianças possam realizar atividades fora do horário escolar. Também há o fato de que nossas unidades estão localizadas nas regiões mais carentes da Capital e com as atividades presenciais podemos cuidar melhor dessa população que participa do serviço”, pontuou o secretário municipal de Assistência Social, José Mário Antunes da Silva.

A nova rotina vem sendo construída a partir da criatividade de professores, facilitadores e educadores sociais. Durante as atividades externas e em sala de aula, não há mais o compartilhamento de objetos nem de material pedagógico. Aglomeração e contatos físicos como abraços foram trocados por novas formas de cumprimento, que também valorizam a afetividade.

“É um aprendizado. Todos os dias vamos estudar com a equipe técnica uma nova maneira de aplicar as atividades. A proposta do serviço de fortalecimento de vínculos é a socialização, o compartilhar, mas estamos reinventando as ações para que essa mensagem não seja perdida. Também explicamos que é apenas uma fase e que logo voltaremos com a rotina normal”, ressaltou a coordenadora do Cras do bairro Zé Pereira, Rita Elaine Monteiro Andrade Bitencourt.



Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário