A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Janeiro de 2018

25/07/2012 15:58

Vencedor de licitação do transporte pagará R$ 3,2 bi em 20 anos

Nadyenka Castro e Aline dos Santos

Consórcio ganhador terá que colocar 600 ônibus, todos equipados com acessibilidade e câmeras

Marcelo Amaral falou sobre a concessão do transporte coletivo da Capital. (Foto: Mariana Lopes)Marcelo Amaral falou sobre a concessão do transporte coletivo da Capital. (Foto: Mariana Lopes)

O consórcio que ficará responsável pelo transporte coletivo de Campo Grande irá pagar à Prefeitura R$ 3,2 bilhões para exploração do serviço por 20 anos, podendo ser prorrogado por até mais 10 anos. A informação é do diretor-presidente da Agereg (Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Campo Grande), Marcelo Amaral.

A licitação para concessão do serviço foi lançada em junho deste ano e as propostas devem ser entregues no dia 14 de agosto. De acordo com Amaral, o consórcio vencedor terá que colocar ‘para rodar’ 600 ônibus, todos com acessibilidade e câmeras de monitoramento.Segundo Amaral, atualmente são 537 coletivos.

Os veículos de transporte coletivo também terão que contar com sistema de localização, monitoramento e rastreamento.

As imagens registradas pelas câmeras e informações do monitoramento serão repassadas em tempo real a um Centro de Controle Operacional de responsabilidade da concessionária. “Este centro vai conseguir fazer a gestão, podendo, se for o caso, deslocar veículo para atendimento”, diz Amaral.

As câmeras serão obrigatórias para avaliação do uso dos cartões e também para identificação de badernas.

Quanto à situação dos atuais trabalhadores do transporte coletivo, Amaral explica que é critério para pontuação a utilização desta mão-de-obra. “Quanto maior a adesão, maior a pontuação”.

Licitação - O edital com informações sobre a concessão do serviço está disponível ao custo de R$ 3 mil. No documento consta listagem dos percursos dos veículos georreferenciados e mapeados.

De acordo com Amaral, vários interessados já compraram o edital. Segundo o diretor-presidente da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Rudel Trindade, “inúmeras empresas já solicitaram o atestado de visita”. “A empresa é obrigada a mandar técnico para visita. Quando a pessoa faz o pedido de visita é que ele já comprou o edital e vai participar”, declara.

Conforme o diretor-presidente da Agereg, o edital da licitação ficou disponível na internet para consulta “contestação e contribuição”, houve “ampla participação social” e teve parecer favorável do Conselho Municipal de Desenvolvimento e Urbanização e do Conselho de Regulação.

Amaral fala ainda que o Ministério Público e o Tribunal de Contas “têm recebido esclarecimentos e informações que têm sido administrativamente solicitadas”.

As declarações foram feitas nesta quarta-feira, durante solenidade de anúncio dos eventos em comemoração aos 113 anos de Campo Grande.

Fim- O rompimento da parceria entre a prefeitura de Campo Grande e Assetur (Associação das Empresas de Transporte Coletivo), que reúne as cinco empresas do transporte coletivo urbano, foi anunciada em 14 de setembro do ano passado. Na ocasião, a previsão era que o edital da nova concorrência fosse publicado em seis meses.

Até a definição da vencedora, a Assetur continua no setor. A associação também garantiu que não recorreria à Justiça, apesar de o contrato com o poder público só acabar em 2014.

A prefeitura e a Assetur ficaram em pé de guerra devido à exigência que as empresas investissem R$ 40 milhões para que Campo Grande receba recursos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) de Mobilidade Urbana.

O Sistema Integrado de Transportes, que começou a ser implantado em 1991, conta com oito terminais. Conforme a Agetran, o sistema totaliza 166 linhas, com uma média de 225.203 passageiros/dia.



É um serviço que não deve ser cobrado alto porque tudo é a vista, não tem passagen compardo a crédito, tudo em grana viva, é uma mina de ouro; só não ver quem é cego. Esse serviço tinha que oferecer tudo de luxo e ainda gera lucro alto.
 
luiz alves em 26/07/2012 09:24:41
Quero ver o preço da tarifa, só isso nada mais!
 
anderson silva em 25/07/2012 08:09:08
o transporte publico de campo grande transporte por dia mais de 200000 passageiros/dia, sim é verdade, mas se acotovelando como se fossem bois num caminhao... é o momento para se investir em transporte publico, o transito da cidade esta caotico como o de uma cidade grande (e campo grande apesar do nome, não o é), é uma mina de ouro, basta oferecer um serviço de qualidade.
 
Gerson Dias Maranhão de Paula em 25/07/2012 08:00:20
E as catracas serão menores???
 
Carla Zurutuza em 25/07/2012 04:55:23
Bem, pelo menos os usuários da VIAÇÃO SERRANA, esperam com ansiedade as "NOVAS EMPRESAS" E DESDE AGORA, ACREDITAM QUE NO FUTURO, NÓS, NÃO TENHAMOS QUE USAR CARROS IGUAIS AOS QUE SÃO COLCOADOS À DISPOSIÇÃO PELA REFERIDA EMPRESA, COM O AVAL DO ATUAL SECRETARIO sR. rUDEL tRINDADE.Vamos agurdar e torcer por isso mesmo
 
Gilson Giordano em 25/07/2012 04:34:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions