A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/07/2013 17:24

Presença de Maníaco incomoda e ele ficará em ala isolada do Instituto Penal

Elverson Cardozo
Dyonathan Celestrino deixou a Santa Casa na manhã de ontem. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)Dyonathan Celestrino deixou a Santa Casa na manhã de ontem. (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

Dyonathan Celestrino, conhecido como Maníaco da Cruz, ficará isolado dos demais presos na ala de saúde do Instituto Penal de Campo Grande, para onde ele foi encaminhado na manhã desta terça-feira, depois de determinação judicial. É o que informa o governo do Estado, em comunicado oficial.

Até a manhã de hoje a informação era de que ele iria para o Presídio de Segurança Máxima, unidade que fica no mesmo complexo do IPCG. Mas a chegada do rapaz poderia provocar reação dos presos e, por isso, ele ficou no Instituto Penal, que tem criminosos de menor periculosidade.

O assassino, que ficou conhecido por deixar o corpo de suas vítimas em formato de cruz, deverá ser submetido periodicamente a tratamento psiquiátrico e psicológico.

Ele já passou por atendimento psicossocial e encontra-se sozinho em um alojamento de observação, na ala de saúde do estabelecimento penal.

Relatórios bimestrais - Segundo a nota, publicada no site do governo na tarde desta quarta-feira (10), a Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso do Sul está encarregada do acompanhamento médico ao jovem durante o tempo em que ele permanecer no local.

A equipe deverá elaborar relatórios e entregá-los bimestralmente, durante um ano, à justiça de Ponta Porã. Esse prazo, segundo divulgado, servirá de base para que o juiz acompanhe o caso e, através dos documentos, verifique se será necessária ou não a prorrogação do tratamento no presídio.

Também foi informado que a Secretaria de Saúde estará mobilizando as áreas responsáveis para a designação das equipes médicas que vão acompanhar o maníaco.

Para ter sua segurança garantida pela Agepen (Agência Penitenciária de Mato Grosso do Sul), o jovem, de acordo com o governo, tem uma “rotina específica”.

“No momento é essencial que saibamos o modo como precisa ser tratado este novo interno. Estaremos cumprindo integralmente a decisão judicial. Caso a Sejusp tenha algum problema no cumprimento dessa decisão naturalmente informaremos ao juiz, oferecendo alternativas”, informou o secretário de Estado e Segurança Pública, Wantuir Jacini.



Tinha que deixar ele com os presos comuns.... aí eles fariam o serviço que deveria ter sido feito no ato da captura..... até quando vamos ficar sustentando nossos criminosos dando comida, cama e roupa lavada?
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 11/07/2013 12:37:22
Jah foi tarde... !!! Ainda não entendo porque no Brasil não existe Pena de Morte para esse tipo de gente, estupradores, assassinos entre outros.... Causam sofrimentos em várias famílias... Causam medo na sociedade e ainda ficam a nossas custas...
 
Dudinha Lima em 11/07/2013 11:41:28
Não tem como colocar ele naquela creche que tem no parque dos poderes pra ele tomar café da manhã dia sim dia não no MP e no TJ ?
 
Ito Malta em 11/07/2013 11:29:51
Esse esta sempre com rosto coberto.
Na minha opinião todo MARGINAL, deveria mostrar a CARA de frente, facilitaria a visualização das pessoas e consequentemente a aparição de novas vítimas.
 
Juan Charlymoon em 11/07/2013 09:17:20
Não é de revoltar a atenção dada a uma pessoa que matou várias outras? Quanto empenho, quanto dinheiro gasto, quanta preocupação com a integridade dele!!! Direitos humanos? Então, que seja dado também este direito às famílias das pessoas assassinadas por ele. Que seja dado a atenção psicológica a eles também.
 
Maurício Sanches em 11/07/2013 08:24:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions