A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

06/09/2012 09:36

Presídio tem tiroteio após homens jogarem celular e balança de precisão

Ana Paula Carvalho e Paula Vitorino
Celulares e balança foram jogados dentro da Máxima (Foto: Minamar Júnior)Celulares e balança foram jogados dentro da Máxima (Foto: Minamar Júnior)

Policiais militares da patrulha do Presídio de Segurança Máxima trocaram tiros na madrugada desta quinta-feira (06) com homens que jogaram celulares e uma balança de precisão para dentro do estabelecimento penal.

De acordo com informações apuradas pelo Campo Grande News, por volta da meia-noite um grupo de homens arremessou quatro celulares, dois fones de ouvido e uma balança de precisão dentro do pátio. Os policiais perceberam a ação e dispararam um tiro de alerta. Os homens, que ainda não foram identificados, passaram a disparar contra a muralha do presídio. Houve troca de tiros; não houve feridos.

Fernando Anunciação, presidente da Fenaspen (Federação Sindical Nacional dos Servidores Penitenciários), explica que não é novidade celulares serem arremessados para dentro da Máxima, mas que isso aumentou depois que as medidas de segurança para impedir a entrada de drogas e objetos no prédio foram intensificadas.

“Há aproximadamente 40 dias eles intensificaram a segurança. A revista nas mulheres é mais detalhada, já que elas sentam em uma banqueta que identifica se estão carregando objetos e drogas nas partes íntimas”, relata.

Segundo Anunciação, o espaço entre o muro onde os celulares foram lançados e as celas têm aproximadamente 10 metros e que por conta disso os presos ficam “pescando” o que cai lá dentro. “Eles fazem uma vara artesanal”.



Esse fato mostra a quanto tempo livre os presos tem. O cara faz a vara artesanal, sabe la com o que, e fica A NOITE INTEIRA "pescando" os objetos lançados por cima do muro.

Que segurança eein (YY) solta logo eles, pelo menos fica mais barato pro contribuinte, aquele trabalhador honesto que DEVE pagar os impostos.
 
Samir Buchara em 06/09/2012 12:37:09
Isso sempre vai continuar ocorrendo, enquanto as Máximas estiverem dentro de área urbana e sem segurança alguma. É riculo á Máxima de Campo Grande...Em Naviraí até um tempo, o local onde está o presidio era, assim posso dizer, isolado da Cidade. No entanto, o ESTADO foi lá e fez questão e lotear as proximidades do Presidio, e hj há várias casas doadas pelo Estado. Absurdos!!!!
 
RODRIGO NASCIMENTO BONFIM em 06/09/2012 11:44:59
Não seria complexo, caro Roberto Benites...rs..s.s "Ja esta na hora de se pensar na posibilidade de se fazer um novo complequiso penitenciario mais distante da
cidade, o local ja esta ficando muito populoso."
 
Jota Ricardo em 06/09/2012 10:55:11
DEVERIAM CONSTRUIR UM PRESIDIO NO MEIO DO PANTANAL MAIS BEM LA LONGUE....AI QUERIA VER ESSES BANDIDOS FAZEREM ISSO...OU BEM LA NO MEIO DO OCEANO ATLATICO...
 
LOURDES ARAUJO em 06/09/2012 10:41:09
Ja esta na hora de se pensar na posibilidade de se fazer um novo complequiso penitenciario mais distante da
cidade, o local ja esta ficando muito populoso.
 
roberto benites em 06/09/2012 10:14:34
como é fácil criticar quem trabalha em presídio, se o que se vê são nossos políticos investindo em praças publicas, pontes sobre córregos e construçao de novas penitenciárias? Quando foi a ultima mesmo? e concurso publico para contratação de agentes e oficiais penitenciários? Fazem só CINCO anos, e quantos já pediram demissão e quantos já aposentaram? ISTO NINGUÉM LEMBRA.
 
fatima silva em 06/09/2012 09:12:57
bom até celulares não é aceitavel mas é até compreensivo afinal é uma forma de se comunicarem ...agora BALANÇA....ai complica porque se entende que tem fornecedor de cocaina por quilo dentro do presidio ou que sera que eles querem pesar???a pergunta é o que fazem os agente penitenciario?...brincadeira em gente?..cade o diretor do presidio? o juiz responsavel? cade a VERGONHA GENTE??...
 
Haroldo J.F. Nogueira em 06/09/2012 04:38:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions