A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 25 de Setembro de 2018

11/04/2018 09:10

Preso passa mal e morre após sofrer sete paradas cardíacas

Detento passou mal no presídio, chegou à unidade já em parada e foi levado até o pronto-socorro onde sofreu mais sete paradas cardíacas e não resistiu

Viviane Oliveira

O interno Wilson Bruno dos Santos, 51 anos, passou mal e morreu após sofrer sete paradas cardíacas, por volta das 2h desta quarta-feira (11), no Hospital Universitário de Campo Grande. O preso cumpria pena no regime fechado do estabelecimento penal da comarca de Dois Irmãos do Buriti, distante 83 quilômetros da Capital.

Conforme boletim de ocorrência, por volta das 23h de ontem (10), o preso passou mal no presídio, chegou à unidade já em parada e foi levado até o pronto-socorro onde sofreu mais sete paradas cardíacas e não resistiu. 

Wilson era fumante e usuário de drogas. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga e será investigado por uma delegacia da área se a morte foi natural ou causada por overdose.

Há suspeita de que o preso tenha sido morto com o que é chamado nos presídios como “gatorade”, uma mistura de cachaça artesanal produzido pelos próprios detentos com medicamentos para tratamento do coração. O produto provoca uma reação e a vítima morre por problemas cardíacos. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions